Espanha sediará conferência de turismo religioso da OMT

A conferência da Organização Mundial do Turismo (OMT) sobre patrimônio religioso e turismo será realizada em Elche, na Espanha. A cidade do país que é sede da OMT foi escolhida para receber o evento, que ocorre em novembro, dias 27 e 28, com o apoio da Secretaria de Turismo da Espanha. “Elche e seu patrimônio mundial são o cenário perfeito para essa conferência. Um destino que une o legado das civilizações antigas e o dinamismo de uma cidade moderna”, comentou o secretário geral da OMT, Taleb Rifai.

Os temas da conferência incluirão da gestão turística do patrimônio intangível a aspectos do turismo religiosos relacionados ao marketing, para identificar nichos e segmentos de promoção.

Fonte: Panrotas

Inverno também é época de praia no Interior

Em Olímpia, águas termais e proximidade com grandes centros favorecem a escolha do município pelos turistas, inclusive na época mais fria do ano

Foto: Hot Beach Olímpia / Divulgação

Nem só de frio e chuva é feito o turismo de inverno no Brasil. E para aqueles que buscam um lugar ao sol no período mais nebuloso do ano, Olímpia, localizada a 438 quilômetros da capital paulista, tem sido um dos destinos favoritos. Entre os principais atrativos estão as águas quentes e a temperatura que tende a permanecer em alta, inclusive nos meses de junho, julho e agosto. Outro fator que vem conquistando os turistas de todo o País é o custo-benefício, já que a cidade vem sendo uma alternativa aos destinos mais procurados na região Nordeste do Brasil.

Em pesquisa divulgada pelo Sindicato das Empresas de Turismo no Estado de São Paulo (Sindetur-SP) em 2013, o Nordeste ainda é o destino mais procurado durante o inverno, com 45% de preferência dos entrevistados. Já a região Sul, opção para aqueles que gostam de frio, ficou na segunda posição, com 26,8% das menções, seguido de perto pela região Sudeste, com 22,5%.

Segundo Paulo Duarte, diretor de turismo da Prefeitura de Olímpia, o brasileiro ainda está descobrindo Olímpia, que chama a atenção por estar perto dos grandes centros das regiões Sul e Sudeste, com fácil acesso e rodovias em boas condições e a um custo razoável. “Por tudo isso, consideramos julho como alta temporada, haja vista o fluxo de turistas, que é bastante expressivo. Em virtude das temperaturas relativamente altas, Olímpia é sim uma opção para quem gosta do calor e quer fugir do frio”, acrescenta.

O diretor completa que além das águas quentes, a tranquilidade do município é outro ponto forte de Olímpia. “Temos sol o ano inteiro, as pessoas conseguem relaxar e aproveitar bem o período de férias escolares, é uma cidade prazerosa, com pessoas receptivas e com uma gastronomia interessante. Estamos mudando aos poucos o hábito do turista, atraindo aqueles que costumeiramente procuram como destino uma praia”. Duarte espera que somente neste ano a cidade receba cerca de 2 milhões de turistas, 20% a mais que em 2013.

Novos investimentos

Com a construção de dois novos empreendimentos turísticos do Grupo Ferrasa – empresa fundada há 35 anos, da sociedade Ferrato e Sant’Anna – um parque aquático e um moderno resort, ambos em fase adiantada de obras, Olímpia potencializará o turismo de inverno no município. O Hot Beach Diversões Aquáticas e o Hot Beach Resort Olímpia estão em construção em uma área de 140 mil m². Entre os atrativos que o parque irá oferecer estão praias artificiais com areia, piscinas com onda e água quente, bares pé na areia, rio lento de água quente, restaurantes, lojas e estruturas completas pra diversão.

Sérgio Ney Padilha Garcia, gestor do empreendimento Hot Beach Diversões Aquáticas e Hot Beach Resort Olímpia, ressalta que o novo complexo terá novas e diferentes opções de lazer. “Há quem goste e quem não goste de inverno. Nestes dias mais frios do ano, Olímpia se mantém aquecida na temperatura e no turismo. O Hot Beach vem para oferecer novas opções de entretenimento em qualquer estação climática”, ressalta o gestor.

A previsão de inauguração do novo complexo de lazer é para 2016. O investimento no projeto é estimado em R$ 130 milhões.

Festival de Inverno de Monte Verde começa nesse final de semana

Promovido pelo Grupo Melhoramentos, evento acontece deste sábado, 05, até o dia 27 de julho. Além das tradicionais atrações da estância mineira, apresentações musicais, teatrais e oficinas de arte irão aquecer e encantar os turistas.

Começa oficialmente nesse sábado, 05 de julho, o Festival de Inverno de Monte Verde. Até o dia 27 de julho, a charmosa vila do sul de Minas Gerais terá muita música, oficinas de arte e apresentações teatrais. Tudo em meio às belezas naturais da região, excelente infraestrutura hoteleira, rica gastronomia, esportes de aventura e, claro, muito frio: nessa época, é comum a temperatura ficar abaixo de zero durante as madrugadas.

O evento, promovido pelo Grupo Melhoramentos, é realizado pela Prefeitura Municipal e pelo Conselho Municipal de Turismo de Camanducaia e conta com o apoio da Associação de Hotéis e Pousadas de Monte Verde, da Associação Beneficente de Monte Verde e da Associação Comercial de Monte Verde. Entre as atrações estão as oficinas de pintura no Ateliê Paula Bars, a apresentação da Orquestra Filarmônica Melhoramentos Caieiras e da Orquestra de Violinos de Monte Verde, o espetáculo de mágica e ilusionismo Caravana Mágica e a peça de teatro Cinderela, entre outros. Todas as atrações – exceto a oficina de pintura – acontecem na Av. Monte Verde, 1050.

Para informações sobre hospedagem, acesse: www.monteverde.org.br/vagas.

Serviço

Festival de Inverno de Monte Verde
Data: de 05 a 27 de julho
Realização: Prefeitura Municipal de Camanducaia e COMTUR (Conselho Municipal de Turismo)
Apoio: AHPMV (Associação de Hotéis e Pousadas de Monte Verde), ABMV (Associação Beneficente de Monte Verde) e ACMV (Associação Comercial de Monte Verde)
Patrocínio: Nova Minas e Caixa Econômica Federal
Informações: http://www.monteverde.org.br/

Sobre Monte Verde – Distrito da cidade mineira de Camanducaia, Monte Verde caracteriza-se pela combinação de um clima frio e romântico com preservação ecológica e esportes de aventura. Bastante procurada principalmente no inverno, quando as temperaturas ficam em torno de 5°C, Monte Verde conta com excelente infraestrutura hoteleira – mais de 180 opções de hospedagem –, restaurantes que servem desde a mais tradicional cozinha mineira até pratos da culinária contemporânea e típicos do inverno, como foundue, um centro comercial movimentado, atividades como caminhadas, rappel, arborismo, rafting, motocross, cavalgadas e uma pista de patinação ecológica. Cercada pelas montanhas da Serra da Mantiqueira, a estância fica a mais de 1.500m de altitude, está a 167 km da capital paulista, 420 km do Rio de Janeiro e a 456 km de Belo Horizonte. Veja mais sobre Monte Verde em www.monteverde.org.br.

Sobre a AHPMV – Criada há 10 anos, a Associação de Hotéis e Pousadas de Monte Verde reúne estabelecimentos com serviços de excelência garantida e que são avalizados pelo selo de qualidade “Plátano de Ouro”. Com sede ao lado do portal de entrada de Monte Verde, possui equipe de profissionais capacitados para atender aos turistas com informações sobre hospedagens e dicas de lazer.

Celular ajuda turista a conhecer o Brasil

Aplicativos para celular simulam o valor de corridas de táxi, narram os principais pontos turísticos e indicam o caminho para hotéis, bares e restaurantes.

Os turistas que visitam as cidades-sede da Copa do Mundo têm ao alcance das mãos uma ajuda preciosa para conhecer os pontos turísticos, simular corridas táxi e rotas para os principais hotéis, bares e restaurantes. São dezenas de aplicativos para celular, a maioria gratuitos, oferecidos por prestadores de serviços ligados ao setor, secretarias estaduais e municipais de turismo, além do governo federal.

O turista que deseja visitar roteiros turísticos que têm o compromisso com práticas de sustentabilidade pode acessar gratuitamente o Passaporte Verde, que tem a parceria do Ministério do Turismo. São mais de 60 opções de passeios, como conhecer Recife de bicicleta ou caminhar por um parque estadual no Rio de Janeiro, o que pode durar de meio período a três dias, de acordo com o que deseja o turista.

Em Brasília, é possível ouvir uma narração dos principais atrativos turísticos pelo celular. Basta pedir ajuda ao Beekme. O aplicativo oferece explicações imediatas sobre os monumentos, as atrações turísticas e os respectivos acervos. À medida que o visitante se aproxima de cada ponto cadastrado, dentro ou fora de um local turístico, os dados são transmitidos ao celular automaticamente, por Bluetooth ou com GPS ativado.

Um dos guias mais completos da cidade Rio de Janeiro é o www.rioguiaoficial.com.br, com versões em inglês, espanhol e português. Se a ideia é ficar transitando entre uma cidade e outra, o GuiaMaisTurismo oferece informações sobre os jogos, trajetos por meio de transporte público, mapa interno dos estádios e seus arredores. Além de rotas para hotéis, restaurantes, bancos e hospitais.

O preço de corridas de táxi pode ser simulado pelo Easy Taxi, 99Taxis e Way Taxi. Eles atendem 30 cidades e incluem boa parte das cidades-sede.

Fonte: Ministério do Turismo

Natureza e culinária goiana atraem turistas de Brasília

Roteiro rural na Chapada dos Veadeiros beneficia comunidades e atrai o visitante com cachoeiras, esportes radicais e culinária goiana.

Os turistas que visitarem Brasília para acompanhar os jogos da Copa do Mundo podem reservar alguns momentos para relaxar em meio à natureza do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Ideal para quem gosta de caminhadas, cachoeiras e esportes radicais, o roteiro turístico Trekking Travessia Leste é um dos 23 que integram o projeto Talentos do Brasil Rural, que tem como objetivo incluir produtos e serviços da agricultura familiar ao turismo brasileiro.

O roteiro é oferecido por grupos de agricultura familiar que encontraram no turismo uma forma de valorizar sua identidade cultural, gerar emprego e renda, além de agregar valor à produção de grupos locais. O Trekking Travessia Leste é comercializado por uma empresa de ecoturismo local e está localizado a 229 km da capital federal, no município de Alto Paraíso de Goiás.

Os passeios incluem a visitação ao Vale da Lua, a mais famosa atração turística da Chapada dos Veadeiros. Turistas do Brasil e do mundo são atraídos para apreciar as rochas com formas exóticas esculpidas pelas águas ao longo de milhares de anos, que lembram o solo lunar. Há guias falando inglês, francês e alemão.

A culinária goiana também é um ponto forte do roteiro. O Rancho do Waldomiro oferece, em um espaço coberto de palha no topo de um morro, um almoço regional tipicamente goiano: a matula, palavra também usada como sinônimo de marmita, mas que na culinária goiana é um cremoso tutu de feijão-branco ou mulatinho engrossado com farinha de mandioca e incrementado de pedaços de linguiça, carne de sol e carne de lata.

Os visitantes também passam pela fazenda Campo do Meio, que fica entre a Cachoeira do Rio Cristal e a Cachoeira dos Anjos e Arcanjos, e comercializa doces e queijos, além de oferecer almoço tropeiro. “Fazemos o almoço por encomenda. Preparamos frango caipira, porco ou carne, animais que criamos na fazenda”, conta Estevão Naves Bernardes Rabelo, filho da proprietária da fazenda, dona Leônia, que comanda a cozinha com ajuda na filha e da nora.

Dona Leônia também prepara doces com frutas cultivadas na propriedade como marmelo, figo, goiaba, laranja da terra e cidra, e demonstra aos turistas como são feitas as receitas em uma oficina realizada na própria cozinha de casa. “Os visitantes podem deixar o carro aqui e ir a cavalo para a cachoeira. Estamos preparados para oferecer hospedagem para grupos pequenos de até dez pessoas”, relata Estevão. Para a família, o turismo é complementar à renda da fazenda, que sobrevive da lavoura e da pecuária.

O roteiro Trekking Travessia Leste foi desenvolvido graças a uma parceria entre os ministérios do Turismo (MTur) e do Desenvolvimento Agrário (MDA), e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), que reformulou o roteiro, integrando a agricultura familiar entre as atrações, e agregou parceiros para aperfeiçoamento a empreendimentos locais.

Eles foram escolhidos por meio de chamada pública, mapeados, apresentados ao mercado turístico e receberam consultoria especializada e apoio à comercialização. Um dos requisitos para escolha é que o roteiro seja acessível a, no máximo, três horas de uma das 12 cidades-sedes da Copa do Mundo, considerando meio terrestre ou aquaviário.

SERVIÇO

O roteiro na Chapada dos Veadeiros oferece três possibilidades de passeios:

3 dias e 2 noites: Rancho do Waldomiro, Fazenda São Bento (Cachoeira Almécegas I), tirolesa Voo do Gavião (opcional), Saltos do Rio Preto, Banho nas hidromassagens naturais das Pedreiras, Vale da Lua e  Fazenda Campo do meio.

5 dias e 4 noites: Alto Paraíso, Cachoeiras do Rio Cristal, da Água Fria,Vale do Moinho, Fazenda Campo do Meio, Cascading (opcional). Serra Geral do Paranã, Vale do Moinho, Cachoeira do Sertão Zen, Vale do Rio Macaco. Cachoeira da Escadaria, Catedral, Fazenda São Bento (Cachoeira Almécegas I).

8 dias e 7 noites: Alto Paraíso, Cachoeiras do Rio Cristal, da Água Fria,Vale do Moinho, Fazenda Campo do Meio, Cascading (opcional). Flor de Ouro, Cachoeira do Tico, Parque Solárion (Cachoeiras dos Anjos e Arcanjos). Serra Geral do Paranã, Vale do Moinho, Cachoeira do Sertão Zen, Vale do Rio Macaco. Cachoeira da Escadaria, Catedral,Canionismo (opcional). Cachoeira do Paredão. Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros e saltos do Rio Preto.  Banho nas hidromassagens naturais dasPedreiras. Rapel na cachoeira ou tirolesa do Voo do Gavião (opcional).

Acesso: saindo de Brasília, o acesso é feito pela BR-020 (direção Sobradinho e Planaltina de Goiás) e pela GO-118.

Comercialização: Travessia Ecoturismo – (62) 3446.1595
travessia@travessia.tur.br

Fonte: Ministério do Turismo

Trade e Mtur se unem em campanha pelo doméstico

O Ministério do Turismo lançou hoje a campanha #PartiuBrasil, que incentiva a realização de viagens domésticas durante da Copa do Mundo, período para o qual se esperava um bom fluxo mas que, pelo contrário, vem registrando baixa nas vendas.

A estratégia, planejada pela nova diretora de Marketing do órgão, Luciana Fernandes, é feita em parceria com os 93 associados Braztoa, também com entidades como Abav, ABIH, Fohb, Abeta, Abear, Resorts Brasil, Aviesp, Avirrp, e das aéreas Tam, Avianca e Azul.

“Estamos indo diretamente ao varejo, pois queremos o brasileiro viajando imediatamente”, afirma Luciana. “Para isso, criamos essa campanha cooperada entre MTur e outras empresas e entidades para anunciar no trade, nas vitrines das lojas e na mídia, diretamente para o consumidor final”, completa.

Segundo o presidente da Braztoa, Marco Ferraz, a campanha não é de redução de preços, mas de incentivo ao consumidor. De acordo com o dirigente, as tarifas aéreas e hoteleiras já estão baixas para o período, inclusive mais baratas do que ano passado, então a proposta é “convencer o turista a sair do sofá para colocar o pé na estrada, pois junho e julho estão abaixo do esperado em reservas. Esperamos que o #PartiuBrasil tenha reflexo inclusive nos meses de baixa”.

A pressa do Ministério na campanha não existe apenas em função da Copa do Mundo. Devido à aproximação das eleições, o limite do órgão na divulgação é o próximo dia 4. “Por isso, todo o material será disponibilizado aos operadores e parceiros para continuarem a campanha”, explica a diretora de Marketing. “Ainda assim, a proposta é remodelar o #PartiuBrasil até pelo menos o final do ano, pois senti uma carência do MTur em campanhas de apoio à comercialização, só o que eu via era divulgação do próprio órgão.”

A CAMPANHA
Um total de R$ 4 milhões foi investido para a concretização da #PartiuBrasil. Canais de TV fechada, rádios das grandes cidades brasileiras e internet serão os alvos da campanha. A publicidade reproduzirá a variedade de roteiros, a gastronomia, a boa receptividade, a experiência e outros pontos positivos de se viajar no País.

“Os principais concorrentes do nosso turismo doméstico são os Estados Unidos, Europa e outros países do Exterior”, comenta Luciana. “É hora de mostrar que nunca foi tão fácil viajar pelo Brasil. Está tudo muito acessível para o consumidor, mas nem todo mundo sabe disso. Vamos mostrar que o desejo de muitos estrangeiros é estar no Brasil e que o brasileiro está perdendo muita oportunidade”, completa, acrescentando que sua meta é colocar o turismo como prioridade de compra para o consumidor daqui – segundo o Ministério, o setor é o quarto item na cesta do brasileiro.

Fonte: Panrotas

MTur faz campanha para incentivar viagens internas

#PartiuBrasil entra no ar em período de grandes promoções de pacotes. O objetivo é estimular os brasileiros a conhecer o próprio país.

Desde ontem, sexta-feira (27), o Ministério do Turismo estreia a campanha #PartiuBrasil, de incentivo a viagens pelo país. O objetivo é aproveitar o período de férias e de promoções durante a Copa para estimular o brasileiro a conhecer os destinos turísticos do país. A campanha do MTur será veiculada em canais de TV fechada, nas principais rádios das capitais brasileiras e regiões metropolitanas e ainda por meio de sites na internet. O investimento deve ultrapassar os R$ 4 milhões.

As peças publicitárias mostram a variedade de roteiros, a gastronomia, a receptividade dos moradores e a facilidade de acesso, pontos que contam a favor das viagens internas, além do prazer das experiências que uma viagem proporciona.

Segundo a diretora de marketing do Ministério do Turismo, Luciana Paiva Fernandes, “a ideia é aproveitar o bom momento do turismo com a realização do Mundial de futebol e estimular o brasileiro a viajar pelo país”. O Ministério do Turismo se mobiliza para consolidar o apoio de algumas entidades ligadas ao setor, entre elas a Associação Brasileira de Operadoras de Turismo (Braztoa), além da Visual, Trend, TAM Viagens e CVC.

Uma das entidades que vai apoiar as ações da campanha do MTur, a Braztoa, tem abrangência nacional e 95 associados entre operadoras de turismo e empresas do setor. A Braztoa é responsável por 90% dos pacotes de turismo comercializados no Brasil. A campanha se estende até o dia 4 de julho.

Fonte: Ministério do Turismo

Espanha comemora 21 milhões de turistas em 5 meses

O Ministério da Indústria, Energia e Turismo da Espanha divulgou o total de visitantes estrangeiros que o país recebeu até maio: 21,4 milhões, ou 8,2% mais que no mesmo período de 2013. Trata-se de um novo recorde para o período, segundo o ministério, que comemora o aumento da presença de visitantes de seus principais mercados emissores, a Grã-Bretanha, Alemanha e França.

Os visitantes da Grã-Bretanha aumentaram em 6,9%, enquanto o crescimento da França foi de 11,1%. Entre os alemães, esse aumento foi de 8,1%. Somente em maio, o país recebeu cerca de 6,1 milhões de visitantes estrangeiros, um aumento de 5,7% em relação a maio de 2013. O período médio de permanência dos visitantes foi de 3,15 dias, redução de 3,2% em relação ao registrado em maio do ano passado.

Fonte: Panrotas

Inverno chega e torna Monte Verde ainda mais irresistível

Dias ensolarados, noites frias e madrugadas geladas fazem da vila mineira o melhor destino para quem quer curtir o frio em meio à natureza, comer bem e  se aconchegar ao pé da lareira em um charmoso  hotel ou  pousada.

Oficialmente o  inverno começou ontem, 21 de junho, mas em Monte Verde o frio já chegou há  dias  e temperaturas abaixo de zero são previstas durante a estação, tornando essa charmosa vila mineira um dos melhores destinos para a estação. Além do frio e das geadas já tradicionais nessa época, Monte Verde tem muitas outras atrações, que vão das belezas naturais da Serra da Mantiqueira aos mimos da hotelaria aos sabores da culinária europeia e do tempero mineiro.

“Monte Verde continua honrando a fama de vila do romance, conquistada graças ao clima frio que convida casais apaixonados para um vinho ao pé da lareira, mas hoje é também um point para quem gosta de esportes de aventura e de interagir com a natureza”, diz o diretor da AHPMV – Associação de Hoteis e Pousadas de Monte Verde, Gustavo Arrais.

As atrações começam no café da manhã, onde o pão de queijo costuma reinar  farto e soberano. Depois, a pedida é caminhar pelas montanhas ou fazer uma trilha rumo aos pontos turísticos, como a Pedra Redonda, a 1.990m de altitude, ou o Pico do Selado, a 2.082m. Os mais aventureiros também podem fazer trilhas de quadriciclo ou de jipe, desafiar os nervos num circuito de arborismo ou voar por uma mega tirolesa.

Também há pista de patinação no gelo e, para quem só se arrisca a bater perna pelo comércio, também há muitas lojinhas, cafés e casas de geleia, de queijos e de chocolates como a Gressoney, que conta com mais de cem tipos, além das tradicionais Prímulas.  Para quem não abre mão da cerveja nem no frio, a sugestão é conhecer a fábrica e o restaurante Choperia do Fritz, apenas um dos muitos locais onde se pode beber e comer bem. Em termos de gastronomia, Monte Verde surpreende com um cardápio variado, que inclui desde a tradicional fondue até pratos à base de truta e da culinária mineira.

E para descansar depois de um dia de muita diversão, a Associação de Hotéis e Pousadas de Monte Verde – AHPM oferece  quase duzentas opções, todas com infraestrutura para acolher de jovens casais a  grupos de amigos e famílias com crianças.

Para saber mais sobre Monte Verde e suas atrações visite o site www.ahpmv.com.br

Para saber sobre a disponibilidade de vagas em hotéis, consulte o site: www.monteverde.com.br/vagas

Sobre Monte Verde – Distrito da cidade mineira de Camanducaia, Monte Verde caracteriza-se pela combinação de um clima frio e romântico com preservação ecológica e esportes de aventura. Bastante procurada principalmente no inverno, quando as temperaturas ficam em torno de 5°C, Monte Verde conta com excelente infraestrutura hoteleira – mais de 190 opções de hospedagem –, restaurantes que servem desde a mais tradicional cozinha mineira até pratos da culinária contemporânea e típicos do inverno, como foundue, um centro comercial movimentado, atividades como caminhadas, rappel, arborismo, rafting, motocross, cavalgadas e uma pista de patinação ecológica. Cercada pelas montanhas da Serra da Mantiqueira, a estância fica a mais de 1.500m de altitude, está a 167 km da capital paulista, 420 km do Rio de Janeiro e a 456 km de Belo Horizonte. Veja mais sobre Monte Verde em www.monteverde.org.br.

Sobre a AHPMV – Criada há 10 anos, a Associação de Hotéis e Pousadas de Monte Verde reúne estabelecimentos com serviços de excelência garantida e que são avalizados pelo selo de qualidade “Plátano de Ouro”. Com sede ao lado do portal de entrada de Monte Verde, possui equipe de profissionais capacitados para atender aos turistas com informações sobre hospedagens e dicas de lazer.

Inverno e feriado: combinação perfeita para visitar Monte Verde

Cercada pelas montanhas da Serra da Mantiqueira, a charmosa vila fica ainda mais irresistível no inverno: o sol até brilha de dia, mas a temperatura chega a 3 graus negativos nas madrugadas, convidando a curtir os chalés com lareira e a rica gastronomia local.

Friozinho, lareira, fondue e muito romantismo, tudo em meio à natureza. Se for assim que você imagina o feriado prolongado de Corpus Christi (de 19 a 22 de junho), o destino ideal é Monte Verde, no Sul de Minas Gerais. O inverno começa no dia 21 de junho e essa é a uma excelente época para conhecer e curtir o charmoso vilarejo que fica a apenas 167 km de São Paulo, a 420 km do Rio de Janeiro e a 456 km de Belo Horizonte.Para ajudar os turistas na escolha da hospedagem, os afiliados da Associação de Hotéis e Pousadas de Monte Verde – AHPMV prepararam pacotes especiais, válidos entre os dias 18 e 22 de junho. Alguns deles, inclusive, estão com programação para a Copa do Mundo.

Feita a reserva do hotel, é hora de preparar o roteiro. Pela manhã, a sugestão é fazer caminhadas e cavalgadas. Os mais aventureiros podem fazer trilhas em motos e quadriciclos, “voar” na megatirolesa, praticar arvorismo e patinar no gelo. Subir a uma das pedras – Partida, Redonda e Chapéu do Bispo – que permitem uma visão incrível da região, também não pode ficar de fora. O comércio e a gastronomia são outros destaques de Monte Verde/MG. A vila possui inúmeras lojas de artesanato que oferecem desde objetos decorativos e utilitários em cerâmica, madeira, metal e couro, até colchas e toalhas em patchwork, sabonetes, perfumes, sais de banho, xampus e outros cosméticos feitos com produtos naturais. Além disso, dispõe de bares e restaurantes que oferecem um variado cardápio, desde a típica comida mineira até pratos de origem europeia, como o foundue, o schlachplatte e o struedel, e casas de chocolate. Para quem não abre mão de uma boa cerveja nem no frio, a sugestão é a conhecer a fábrica e o restaurante Choperia do Fritz. Confira, abaixo, alguns pacotes criados pela Associação de Hotéis e Pousadas de Monte Verde especialmente para o feriadão de Corpus Christi.

Pousada Spa Mirante da Colyna
Período: 4 noites
O pacote inclui: café da manhã, chá da tarde e noite de queijos e vinhos. Além disso, o hotel estará totalmente decorado com as cores do Brasil e  disponibilizará um telão para os hóspedes assistirem  os jogos da Copa do Mundo. Em m dias de jogos do Brasil, será oferecido pipoca aos hóspedes.
Valor à vista: de R$ 3.550,00 a R$ 6.920,00, já com taxas.
Vigência do pacote: check in 18/06/2014 a partir das 14h; check out 22/06/2014, até às 12h
Reservas: (35) 3438-2613; (35) 3438-2493; reservas@mirantedacolyna.com.br

Hotel Cabeça de Boi
Período: 4 noites
O pacote inclui: pensão completa e mais atividades com monitores, passeios com guias e atividades de lazer no hotel como arvorismo, pista de patinação, piscina, paintball, waterball, boliche, entre outros. Além disso, terá uma sala toda decorada com as cores do Brasil, telão onde serão exibidos os jogos, coquetel, pratos tipicamente brasileiros e monitores farão atividades focadas na Copa do Mundo, com pais e crianças.
Valor à vista: R$ 2.438,00 (apartamento Pardal) + taxa 5% do valor do pacote. R$ 2.097,00 para pagamento à vista. – diária grátis para crianças de até 3 anos.
Vigência do pacote: check in 18/06/2014, a partir das 14h; check out 22/06/2014, até às 12h
Reservas: (35) 3438-1311; (35) 9249-5400; (35) 8461-2500; (35) 9993-1311; (35)8707-1311; reservas@hcboi.com.br

Chalés Tucano
Período: 4 noites
O pacote inclui: café da manhã colonial
Valor à vista: R$ 1.420,00 para o casal – diária grátis para crianças de até 6 anos.
Vigência do pacote: check in 18/06/2014 a partir das 14h; check out 22/06/2014 até às 12h
Reservas: (35) 3438-1258; chalestucano@uol.com.br

Pousada Bucaneve
Período: 4 noites
O pacote inclui: café da manhã, além de atrações de lazer da pousada como hidromassagem, salão de jogos, sauna e uma massagem no SPA.
Valor à vista: R$ 2.300,00 para o casal no chalé Luxo – diária grátis para crianças de até 6 anos.
Vigência do pacote: check in 18/06/2014, a partir das 14h; check out 22/06/2014, até às 12h
Reservas: (035) 3438-1367; contato@pousadabucaneve.com.br

Pousada Labrador
Período: 4 noites.
O pacote inclui: café da manhã colonial.
Valor à vista: R$ 1.547,00 para o casal – diária grátis para crianças de até 6 anos.
Vigência do pacote: check in 18/06/2014 a partir das 14h; check out 22/06/2014, até às 12h.
Reservas: (35) 3438-1675; pousadalabrador@uol.com.br

Hospedagem Spa da Alma
Período: 4 noites.
O pacote inclui: café da manhã, um pacote de lenha e opções de lazer como sauna e ofurô ao ar livre
Valor à vista: R$ 2.390,00 para quatro pessoas. Não cobra taxas.
Vigência do pacote: check in 18/06/2014, a partir das 10h; check out 22/06/2014, até às 17h.
Reservas: (11) 2306-4425: (11) 99141-5926; hospedag@hospedagemspadaalma.com.br

Estalagem Spiller
Período: 4 noites
O pacote inclui: café da manhã, gel e lenha para a lareira do quarto
Valor à vista: A partir de R$ 1.480,00 para o casal. Não cobra taxas – diária grátis para crianças de até 2 anos.
Vigência do pacote: check in 18/05/2014, a partir das 15h; check out 22/05/2014, até às 13h
Reservas: (35) 3438-2002; estalagemspiller@estalagemspiller.com.br

Sobre Monte Verde – Distrito da cidade mineira de Camanducaia, Monte Verde caracteriza-se pela combinação de um clima frio e romântico com preservação ecológica e esportes de aventura. Bastante procurada principalmente no inverno, quando as temperaturas ficam em torno de 5°C, Monte Verde conta com excelente infraestrutura hoteleira – mais de 180 opções de hospedagem –, restaurantes que servem desde a mais tradicional cozinha mineira até pratos da culinária contemporânea e típicos do inverno, como foundue, um centro comercial movimentado, atividades como caminhadas, rappel, arborismo, rafting, motocross, cavalgadas e uma pista de patinação ecológica. Cercada pelas montanhas da Serra da Mantiqueira, a estância fica a mais de 1.500m de altitude, está a 167 km da capital paulista, 420 km do Rio de Janeiro e a 456 km de Belo Horizonte. Veja mais sobre Monte Verde em www.monteverde.org.br.

Sobre a AHPMV – Criada há 10 anos, a Associação de Hotéis e Pousadas de Monte Verde reúne estabelecimentos com serviços de excelência garantida e que são avalizados pelo selo de qualidade “Plátano de Ouro”. Com sede ao lado do portal de entrada de Monte Verde, possui equipe de profissionais capacitados para atender aos turistas com informações sobre hospedagens e dicas de lazer.