BTL tem investimento total de 1 milhão de euros

A 26ª edição da Feira Internacional de Turismo de Lisboa, a BTL, será realizada até o dia 16 deste mês no Parque das Nações. O evento, promovido pela Fundação AIP – Feiras Congressos e Eventos, tem investimento total de 1 milhão de euros e o objetivo é receber 65 mil visitantes.

Ocupando uma área de 30 mil m², a BTL está distribuída por três pavilhões e zona exterior. No Pavilhão 1, reúnem-se as entidades de promoção do turismo de Portugal – direções e entidades regionais e polos de norte a sul e ilhas incluídas. Os municípios, as ofertas de hospedagem e serviços encontram-se no Pavilhão 2.

Neste pavilhão há um espaço gastronômico. A área internacional, com os operadores, distribuidores, animações e serviços, concentram-se no Pavilhão 3, onde estão presentes 30 destinos: Angola, Brasil, Cabo Verde, Cuba, Egito, Índia, Indonésia, Macau, Marrocos, Moçambique, República Dominicana, São Tomé, Taipei, Tunísia, Turquia, Andaluzia, Formentera, São Paulo, Andorra, Dubai, Estados Unidos e Rússia. Neste ano, estreiam no evento a Áustria, Malásia, Panamá, Amazonas, Gramado (RS), Vitória, Pará, Bósnia e Herzegovina e Filipinas.

Os primeiros dois dias de BTL são reservados aos profissionais do setor do turismo. No dia 14, a partir das 18h e durante todo o fim de semana, o salão abre também as suas portas ao público final.

Em um momento em que muitos portugueses começam a planejar as férias, as empresas participantes aproveitam a sua participação para promover as campanhas de Páscoa e antecipar as ofertas de Verão (no hemisfério norte), por meio de campanhas para a BTL. Durante o fim de semana, os visitantes contam com um atendimento personalizado e têm acesso a preços, promoções e ofertas especiais, que, em alguns casos, podem chegar aos 70% de desconto.

Convidados
Com a estimativa de receber cerca de 2,5 mil profissionais estrangeiros e realizar o mesmo número de reuniões profissionais durante o evento, a BTL volta este ano apostar em seu programa de compradores estrangeiros, feito em parceria com o Turismo de Portugal e a Tap.

Ao todo, o número é de, aproximadamente, 400 compradores, de diversos segmentos, oriundos de mercados como a Alemanha, Áustria, Bélgica, Brasil, Canadá, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, França, Holanda, Itália, Noruega, Polônia, Reino Unido, República Checa, Rússia, Suécia e Suíça. No ano passado, foram 350 compradores.

Fonte: Panrotas

Sauípe recebe corrida de aventura noturna

Sauípe sediará mais uma competição de corrida de aventura, a 2ª edição da Noite do Perrengue. Promovida pela Federação Baiana de Corridas de Aventuras, com patrocínio da Odebrecht Realizações Imobiliárias (OR), a prova contará com as modalidades de mountain bike, trekking, orientação e remo, totalizando 40 km de percurso e estimativa de seis horas de duração.

Com largada à meia-noite e chegada no Condomínio Quintas de Sauípe, o evento pretende reunir 60 duplas, divididas em femininas, masculinas e mistas, sendo que cada uma das categorias terá uma premiação. As equipes devem percorrer o trajeto no menor tempo possível, com a orientação a partir de mapas e bússolas e passagem por 15 pontos pré-determinados pela organização até a linha de chegada. O custo para a participação varia de R$ 140 a R$ 160.

Antes de largarem, os atletas vão assistir a uma palestra do atleta Baiano Erasmo Dias (Xikito), considerado um dos melhores corredores de aventura do Brasil e que conquistou, junto com sua equipe, a 7ª colocação no Campeonato Mundial de Corrida de Aventuras em novembro de 2013, na Costa Rica. Ele também será homenageado pela organização com uma placa comemorativa por sua enorme contribuição na divulgação do esporte e do Estado.

Fonte: Panrotas

Turismo estimula hospedagem alternativa para a Copa

Em visita às cidades-sede, Ministério do Turismo compartilha dados de leitos e demanda para o mundial, além de estimular cama e café e hospedagens solidárias.

O Ministério do Turismo estimula o investimento em hospedagens alternativas com o objetivo de aumentar a oferta de leitos nas cidades-sede da Copa do Mundo. Em visita às doze capitais do mundial, representantes do MTur estão levando informações sobre a oferta e a demanda de visitantes aos representantes do setor turístico; além de incentivar, quando for o caso, a abertura de novos leitos a preços acessíveis.

A capital Cuiabá optou por investir na modalidade cama e café, no aluguel por temporada e na hospedagem solidária, um tipo de acomodação gratuita oferecida pelos clubes Lions e Rotary, oferecido por imobiliárias. O mesmo fez Manaus, que também aderiu ao modo solidário de hospedar, em parceria com o Lions e o Rotary, e ao aluguel de imóveis. A próxima visita da equipe será em Fortaleza, no dia 20.

“Quando você aumenta a oferta, tem capacidade de fazer com que o próprio mercado se regule, o que ajuda a evitar a oferta de diárias a preços exorbitantes”, disse Gastão Vieira. O MTur criou um site para divulgar opções de hospedagens alternativas em capitais como Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), Fortaleza (CE), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA).

Para ter um diagnóstico da oferta de hospedagem no país, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) realizou, a pedido do Ministério do Turismo, um mapeamento das 27 capitais e suas regiões metropolitanas, além de regiões integradas ao desenvolvimento. De acordo com a Pesquisa de Serviço de Hospedagem, do IBGE, e dados levantados pelo MTur, as hospedagens alternativas disponíveis acrescentam 59.713 leitos às capitais da Copa, entre eles 3.491 na modalidade pensões de hospedagem, como o cama e café; 3.804 em albergues; 22.478 leitos em imóveis para aluguel e 29.940 em motéis.

Fonte: Ministério do Turismo

Copa 2014: Porto Alegre fortalece Bed & Breakfast

A Secretaria Municipal de Turismo de Porto Alegre assinou dia 13/02 um termo de cooperação com a Bed & Breakfast Brasil (B&B Brasil) para o fortalecimento de hospedagens alternativas na capital gaúcha. A modalidade promove maior interação do visitante com a cidade, por meio da convivência com a cultura local. A cooperação também foi firmada também com a Associação Brasileira de Bacharéis, Profissionais e Estudantes de Turismo (Abbtur) e a Noratur

Por meio da parceria, será realizado o cadastramento e a promoção da oferta de unidades habitacionais em domicílios particulares, conforme o padrão nacional da matriz hoteleira, visando ao público que virá assistir aos jogos da Copa do Mundo. A capacitação dos agentes envolvidos no processo também está prevista no acordo. Segundo o secretário de turismo de Porto Alegre, Luiz Fernando Moraes, a ampliação da diversidade de hospedagem na cidade é muito positiva. “O segmento traz um outro perfil que não compete com o hoteleiro, é uma diversificação e isso enriquece a cidade”, disse Moraes.

Para cadastrar uma unidade domiciliar é preciso acessar o site da B&B Brasil, clicar em “entre na rede” e preencher os dados. Com o cadastramento efetuado, uma equipe da Abbtur e Noratur visitará a hospedagem para verificar o local e classificá-lo de acordo com os pré-requisitos estabelecidos pela rede. As reservas dos leitos deste segmento também será realizada pelo portal da B&B Brasil.

Fonte: Panrotas

Fifa conclui segunda fase da venda de ingressos da Copa

Terminou ontem (30) a segunda fase de venda de ingressos para a Copa do Mundo. De acordo com a Federação Internacional de Futebol (Fifa), foram solicitadas mais de três milhões de entradas para os jogos no Brasil. Desse total, mais de 700 mil foram do Exterior.

Segundo a Fifa, os torcedores que pediram os ingressos participarão de um sorteio e têm as mesmas chances dos demais que fizeram a encomenda nas outras fases de venda. Os pedidos serão reunidos e participarão de uma loteria. É possível encomendar ingressos para 62 dos 64 jogos, excluindo-se a partida de abertura, em São Paulo, e a final, no Rio de Janeiro.

O sorteio está marcado para fevereiro e será acompanhado por representantes da Caixa Econômica Federal e do Ministério do Esporte, além de um tabelião público.

Segundo as regras da Fifa, todos aqueles que solicitaram ingresso receberão uma mensagem no celular ou e-mail informando sobre o êxito (total ou parcial) ou não do pedido até 11 de março de 2014. Uma nova fase de vendas – por ordem de chegada – será iniciada em 12 de março, às 8h (horário de Brasília), e terminará em 1º de abril.

Em novembro do ano passado, os cerca de 210 mil ingressos acabaram em menos de sete horas, antes da definição do calendário de jogos. A partir de 15 de abril, a Fifa abre o período de “vendas de última hora”, com os ingressos restantes disponíveis até o início de cada partida.

Fonte: Agência Brasil

Master Turismo promove hospedagem alternativa na Copa

O Homes 4 World Cup é o novo projeto do Grupo Master, que cataloga espaços disponíveis para hospedagem durante a Copa do Mundo. São considerados passíveis de locação desde uma cama livre até um apartamento inteiro, desde que localizados nas cidades-sede. A ideia é promover encontros entre inquilinos e locatários, e não administrar as relações. Os dados das locações serão disponibilizados para clientes da operadora, brasileiros e estrangeiros.

O grupo aposta no intercâmbio cultural como atrativo. “Sabemos que o grande diferencial do nosso negócio é a experiência que nossos clientes vivenciam durante as viagens e que as tornam inesquecíveis. Queremos que brasileiros e estrangeiros também tenham as suas boas lembranças nesse período da Copa”, explica o gerente de Planejamento de Viagens e Produtos da Master Turismo, Felipe Dias, que também é idealizador do projeto.

O Ministério do Turismo tem estimulado iniciativas que privilegiam hospedagens alternativas, como o Homes 4 World Cup. A característica mais atrativa deste tipo de estadia é o custo/benefício, levando em consideração as diárias salgadas praticadas em altíssima temporada, como a Copa.

Fonte: Panrotas

Estreia do Brasil na Copa tem preço médio de R$ 775 por diárias de hotel

Depois do sorteio da fase de grupos da Copa do Mundo de futebol da FIFA e da definição dos locais em que cada país jogará suas partidas, o www.trivago.com.br, maior comparador de preços de hotéis do mundo revela um estudo sobre os preços para uma noite em uma acomodação para duas pessoas durante o evento.

A data em que o preço médio de uma cidade-sede está mais elevado em dia de jogo é 18 de junho, quando a Espanha, atual campeã mundial, encara o Chile no Maracanã pela segunda rodada do grupo B. Nesta ocasião, o valor médio para uma acomodação é de R$ 1.519, 5% a mais do que o valor pago atualmente para quem quiser se hospedar no Rio de Janeiro na data da final da competição, que é de R$ 1.441.

Por outro lado, o dia de jogo da Copa 2014 que possui os preços mais em conta para se hospedar é 19 de junho, data em que Japão e Grécia se encontram na Arena das Dunas, em Natal, partida que vale pela segunda rodada do grupo C. Nesta data, a capital potiguar tem preços médios de R$ 468.

Para se hospedar em São Paulo no dia da partida de abertura do Mundial entre Brasil e Croácia, que acontece na quinta-feira, dia 12 de junho, o viajante precisa desembolsar, em média, R$ 775.

“Revanche” de final mais em conta
Apesar de ser o confronto entre os finalistas da última Copa do Mundo, os preços para se hospedar em Salvador no dia 13 de junho, quando Espanha e Holanda se enfrentam pela primeira rodada do grupo B, são menores do que os preços para uma noite no dia do duelo entre Suíça e França, que jogam dia 20 pela segunda rodada do grupo E, também na capital baiana. Na noite do primeiro confronto, o preço médio é de R$ 947, enquanto que na segunda data os números sobem para R$ 1.031.

Média com Copa x média sem Copa
Quando se comparam os preços médios da época do Mundial com os valores de datas anteriores, a diferença é bem destacada. Em Salvador, por exemplo, os valores médios para qualquer noite de junho antes do início da Copa são de R$ 281. No Rio de Janeiro, as tarifas para este mesmo período chegam, em média, a R$ 430.

Durante a Copa, esses valores ficam ainda maiores, com preços médios de R$ 1.142 para o Rio de Janeiro, e R$ 881 para Salvador.

Depois do término do Mundial, os preços voltam a cair: R$ 265 de média em Salvador e R$ 517 no Rio – ambos os valores correspondem à média dos preços diários do dia seguinte à final da Copa até o fim do mês de julho.

*Preços convertidos de euros para reais no dia 08 de janeiro de 2014.
**Os dados da pesquisa foram gerados no dia 10 de dezembro de 2013.

Sobre o tHPI
O Índice de Preços de Hotéis trivago é um estudo mensal que analisa a variação de preço médio de acomodações para duas pessoas nas principais cidades das américas. Para calcular os dados, são levados em conta todos os hotéis que fazem parte do banco de dados do trivago em todos os parceiros afiliados, como booking.com, decolar.com, entre outros.

Sobre o trivago
Viajantes encontram o hotel ideal pelo melhor preço em www.trivago.com.br. trivago é o maior site do mundo para procura de hotéis, comparando preços de mais de 700 mil hotéis em mais de 200 sites de reserva no mundo inteiro. O trivago possui mais de 42 milhões de opiniões de hotéis e 14 milhões de fotos para facilitar a busca pelo hotel perfeito. Mais de 45 milhões de visitantes encontram mensalmente seus hotéis ideais por meio dos vários filtros de busca disponíveis e, por sua vez, economizam uma média de 35% em cada reserva. Além disso, o trivago recebe dois milhões de buscas diárias. O trivago foi fundado em 2005 em Düsseldorf, na Alemanha, e atualmente opera 40 plataformas internacionais em 24 línguas.

Fonte: Trivago

Turismo estimula hospedagens alternativas para a Copa

Cidades-sede se esforçam para aumentar a oferta de albergues, imóveis para aluguel e hospedagem do tipo cama e café. O objetivo é atender ao aumento da demanda de turistas a preços acessíveis.

O Ministério do Turismo mobilizou representantes das doze cidades-sede da Copa do Mundo para investirem em hospedagens alternativas para o torneio. A capital Brasília avançou em seu programa de hospedagens do tipo cama e café, com inscrições de 325 residências, e prepara um camping com capacidade para receber cerca de 450 pessoas. O Rio de Janeiro acelerou ações para receber turistas em cruzeiros e cama e café.

O Ministério do Turismo recomendou, no fim do ano passado, que as cidades-sede elaborassem um plano de contingência em caso de excesso de turistas, preparando-se para a montagem de acampamentos públicos temporários e estruturas de alojamento.

O objetivo é oferecer leitos a preços acessíveis a turistas brasileiros e estrangeiros e ajudar a conter o preço abusivo de parte dos meios tradicionais. “Queremos estimular o mercado a oferecer hospedagens adequadas para os diversos perfis de turistas que a Copa do Mundo atrai sem prejuízo dos meios tradicionais”, explicou o ministro do Turismo, Gastão Vieira.

Para o ministro do Turismo, o dado indica que o próprio mercado pode regular aqueles que queiram praticar diárias com valores abusivos. “Quando você aumenta a oferta, tem capacidade de fazer com que o próprio mercado coloque juízo naqueles que queiram praticar uma diária exorbitante”, disse Gastão Vieira.

As hospedagens alternativas agradam brasileiros e estrangeiros. Do total de visitantes internacionais (5,67 milhões) que estiveram no país em 2012, estima-se que quase a metade deles (44,2%), ou seja, 2,5 milhões escolheram esse tipo de hospedagem durante sua estada no país. Os albergues e camping (4,9%) abrigaram 278,1 mil estrangeiros, as casas alugadas (11,9%) outros 675,4 mil e as casas de amigos e parentes (27,9%) mais 1,58 milhões de visitantes.

De acordo com a Pesquisa de Serviço de Hospedagem, do IBGE, e dados levantados pelo MTur, as hospedagens alternativas disponíveis acrescentam 59.713 leitos às capitais da Copa, entre eles 3.491 na modalidade pensões de hospedagem, como o cama e café; 3.804 em albergues; 22.478 leitos em imóveis para aluguel e 29.940 em motéis. Até a Copa, segundo um levantamento do Ministério do Turismo, de dezembro de 2012, estão previstas mais 25.548 unidades habitacionais em hotéis, apart hotéis e pousadas.

O Ministério criou um site para divulgar opções de hospedagens alternativas em capitais como Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), Fortaleza (CE), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA).

Fonte: Ministério do Turismo

Ranking mostra transparência das cidades-sede da Copa

Brasília, Porto Alegre e Belo Horizonte foram os destaques positivos nos Indicadores de Transparência Municipal das cidades-sede da Copa do Mundo, segundo o Instituto Ethos. Os Indicadores de Transparência, umas das ações do projeto Jogos Limpos Dentro e Fora dos Estádios, são uma ferramenta que permitem medir a transparência e os canais de participação da população em relação aos investimentos públicos para a realização do Mundial de 2014. As três cidades superaram os 70 pontos no índice que vai de zero a 100. O destaque negativo ficou por conta de Natal, que diminuiu a pontuação em relação à primeira edição, de novembro de 2012.

Na primeira edição, nenhuma das 12 cidades-sede alcançou 50 pontos, sendo as mais bem colocadas Porto Alegre (49,9) e Belo Horizonte (49,8). Na nova edição, quem lidera o ranking é Brasília, com 77,2 pontos, seguida por Porto Alegre, com 71,8, e Belo Horizonte, com 70,3 pontos, sendo as três consideradas com “alto nível de transparência”. O Rio de Janeiro também teve pontuação acima de 50, com 50,3 pontos. As piores notas foram de Natal, com 12,2, Salvador, com 19,4, e Fortaleza, com 23,2 pontos.

Segundo o instituto, o resultado negativo de Natal foi consequência do fechamento da Sala de Transparência da Copa, local onde a população tem acesso às informações sobre o campeonato. A capital do Rio Grande do Norte foi prejudicada, também, pelas substituições no comando da Secretária Municipal da Copa de Natal. Confira, abaixo, a pontuação das 12 cidades-sede no último levantamento:

Brasília – 77,2
Porto Alegre – 71,8
Belo Horizonte – 70,3
Rio de Janeiro – 50,3
Cuiabá – 49,0
Curitiba – 45,8
São Paulo – 38,1
Recife – 35,5
Manaus – 25,1
Fortaleza – 23,2
Salvador – 19,4
Natal – 12,2

Fonte: Panrotas

Reunião com ambulantes: carnaval em São João del-Rei

Acontece no próximo dia 10 de janeiro, ás 14h, no 38º Batalhão da Policia Militar, localizado na Av. Leite de Castro, no bairro fábricas, a reunião com ambulantes que pretendem trabalhar durante o carnaval em São João del-Rei.

Na pauta da reunião serão discutidos datas, prazos, documentos e taxas, além de informações sobre o cadastramento dos ambulantes na Secretaria de Finanças, além de locais de circulação e tendas.

Serviço
Que: Reunião com os vendedores ambulantes do carnaval 2014
Quando: 10 de janeiro, às 14h
Onde: 38º batalhão de Policia Militar, Av. Leite de Castro – Fábricas
São João del-Rei – Minas Gerais