Sambódromo e autódromo recebem argentinos em SP

Torcedores argentinos que vão de carro a São Paulo para o confronto das oitavas-de-final de hoje, contra a Suíça, na Arena Corinthians, têm à disposição o Sambódromo do Anhembi e o Autódromo de Interlagos para a estada. A iniciativa é da SPTuris.

A Arena Anhembi, no sambódromo, possui 23 mil m² de área, 35 sanitários individuais e sistema de água, além de quatro chuveiros provisórios e equipe de segurança. No autódromo, são 10 sanitários, seis chuveiros quentes e equipe de segurança. Foram destacadas 500 vagas para uso dos turistas, com entrada pela Rua Milton Rodrigues, portão 30. Até às 16h, cerca de 230 pessoas já ocupavam o local com aproximadamente 60 veículos, entre trailers, vans e carros de passeio.

“Chamamos para uma grande festa em nossa casa e agora temos de receber bem os convidados. Destacamos parte da infraestrutura de nossos equipamentos para atender esses visitantes que estão viajando o Brasil e não se hospedam em hotéis”, afirma o secretário municipal para Assuntos de Turismo e presidente da SPTuris, Wilson Poit. “Estamos procurando recebê-los da melhor forma, em um lugar seguro e dentro do que é possível. Eles estão muito satisfeitos com a receptividade.

Fonte: Panrotas

Fortaleza: R$ 500 milhões em gastos de turistas na 1ª fase

turistasA primeira fase da Copa do Mundo termina hoje, mas já foi concluída em Fortaleza, com o confronto entre Alemanha e Gana no último sábado, dia 21. Segundo a Secretaria Especial da Copa no Ceará (Secopa-CE), os turistas que viajaram para acompanhar os jogos em Fortaleza injetaram R$ 500 milhões na economia local. Foram cerca de 167 mil ingressos vendidos para as quatro partidas realizadas na Arena Castelão, entre elas o jogo da seleção brasileira contra o México. Entre eles, 94,5 mil eram estrangeiros e 72,5 mil de outros Estados do Brasil.

No total, o estádio recebeu 237,7 mil torcedores – média de 59,4 mil por jogo e ocupação de 93%, de acordo com a Secopa-CE. Para as oitavas e quartas-de-final, o secretário da Copa, Ferruccio Feitosa, acredita que outros 92 mil visitantes passarão por Fortaleza. No domingo, o estádio de Fortaleza recebe a partida entre Holanda e México, com expectativa de 28,4 mil estrangeiros e 16 mil visitantes de outros Estados. Para as quartas-de-final, a Secopa-CE estima 19,8 mil turistas de outros países e 27,6 mil brasileiros. As duas partidas devem ter público de mais de 60 mil pessoas cada.

Na Fan Fest montada pela fifa no aterro da Praia de Iracema, a média de visitantes por dia foi de 25,5 mil, totalizando 357 mil pessoas. O maior público foi registrado no jogo entre Brasil e México, quando o espaço recebeu 44 mil torcedores. “Os números mostram que vale a pena sediar uma Copa do Mundo. Sempre enxergamos o evento como uma oportunidade de apresentar Fortaleza para o Brasil e para o mundo”, disse Feitosa. Entre os destaques da primeira fase da Copa em Fortaleza esteve a presença do navio MSC Divina, com cerca de 3,6 mil torcedores mexicanos.

Fonte: Panrotas

Pesquisa aponta principais portões de entrada na Copa

Segundo pesquisa feita pela empresa Pires & Associados, de Jeanine Pires, ex-presidente da Embratur e blogueira PANROTAS, os norte-americanos, com 21%, foram responsáveis pelo maior número de reservas entre os estrangeiros, seguidos de visitantes da Argentina (9%) e do Chile (5%). Ainda de acordo com os dados das consultorias Forward Data e Pires & Associados, a dois dias do início da Copa do Mundo, o número de desembarques internacionais ao Brasil havia chegado a 418.929.

“Fora do eixo São Paulo – Rio de Janeiro, Salvador é a capital que deve registrar a maior chegada de estrangeiros durante a Copa. A dois dias do início do torneio, 5% das reservas dos voos internacionais chegavam pela capital baiana”, destacou o presidente da Embratur, Vicente Neto (foto). Maior número de reservas de estrangeiros, no mesmo período, antes do início da Copa, era com chegada por São Paulo (34%) e Rio de Janeiro (33,8%).

Depois das análises realizadas a 120, 90, 40, 20 e dez dias antes do início da Copa do Mundo, a empresa espanhola Forward Data e a Pires & Associados, sua parceira no Brasil, divulgaram os dados mais recentes do estudo sobre o Impacto da Copa do Mundo no Turismo do Brasil.

Fonte: Panrotas

12º Festival de Viola e Gastronomia de Piacatuba começa em 30 de julho

Os fãs da moda de viola e da tradicional cozinha de Minas, conhecida pelos pratos ricos em sabor e cheios de histórias, não podem ficar de fora da 12ª edição do Festival de Viola e Gastronomia de Piacatuba, que acontece entre os dias 30 de julho e 3 de agosto, na acolhedora Piacatuba, distrito de Leopoldina localizado na Zona da Mata e a 322 km de Belo Horizonte. Para reforçar a missão de valorizar a cultura mineira, a mandioca foi escolhida como tema do Festival 2014 e promete dar um sabor especial aos pratos e ao estilo de cada chef. “Nosso objetivo é preservar e incentivar a identidade gastronômica do nosso Estado e tornar Piacatuba um roteiro para os amantes da boa cozinha”, garante Maria Lúcia Braga, produtora e coordenadora do Festival.

Para o chef Pablo Oazen, que fará sua estreia no evento à frente do Restaurante Quintal Goumert Manga Rosa, a mandioca é o verdadeiro arroz com feijão do brasileiro. “Utilizar produtos locais e valorizar a agricultura familiar é um movimento que já existe nos grandes centros, sendo praticado pelos principais chefs do país e do mundo. O principal desafio é fazer o grande público valorizar o que é nosso”, analisa Oazen, que traz a delicadeza de suas influências européias para compor pratos com as delícias regionais, como a Paella Mineira, inspiração espanhola combinada com ingredientes típicos de Minas.

-A paella mineira é uma brincadeira que eu faço, na qual as pessoas se identificam bastante. Primeiro, pelo fato de ser preparada na frente do cliente, depois pelos ingredientes que utilizo. A base é de uma paella tradicional, com arroz, açafrão, legumes e vinho branco. E para dar um toque “mineiro”, os tradicionais frutos do mar são substituídos pela costelinha, linguicinha e coxas de frango desossadas. O resultado final é incrível-, garante Pablo Oazen, que é de Juiz de Fora e ganhou experiência internacional após cinco anos em restaurantes europeus.

O Festival de Viola e Gastronomia de Piacatuba vem crescendo ao longo dos últimos dez anos e com esse crescimento veio a necessidade de novos desafios. Nesta edição, a novidade ficará por conta do I Grand Festim Mineirices, um jantar  harmonizado, que acontecerá dia 2 de agosto, no Restaurante Quintal Manga Rosa, com menu a cargo do chef Pablo Oazen.

Outro destaque da 12ª edição do Festival de Viola e Gastronomia é o Restaurante Quintal Goumert da Minha Terra, que este ano será comandado por um trio de mineiras: as chefs Fernanda, Glaucia e Teresa Raquel, que trazem uma proposta gourmet da tradicional comida mineira e contarão com a presença do renomado chef Ricardo Vieira, vencedor do concurso de talentos do Estado de Minas Gerais, no Madrid Fusion 2013.
Já que a idéia é misturar num só local música de qualidade com o melhor sabor mineiro, caberá a ninguém menos que Lô Borges, um dos maiores cantores e compositores da MPB, fazer o show de abertura do Festival de Piacatuba, dia 30 de julho. Dia 31, sobem ao palco os violeiros João Ormond e Pereira da Viola. Dia 1º de agosto, será a vez de Fernando Sodré, reconhecido como uma das mais importantes vozes da viola no mundo, e dia 2 de julho, o show de encerramento fica por conta do menestrel Oswaldo Montenegro, com seu novo espetáculo “3×4”.

Aprovado pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura do governo de Minas Gerais, o Festival de Viola e Gastronomia de Piacatuba tem produção e coordenação de Maria Lúcia Braga, com patrocínio master da Energisa, patrocínio do Governo do Estado, Bohemia, Zollern, Prefeitura de Leopoldina, apoio da Câmara Municipal de Leopoldina, Lei de Incentivo à Cultura e da Fundação Ormeo Junqueira Botelho.

Restaurantes participantes:

ESPAÇO GOURMET MARIA DE DIRCEU
Cardápio: Tradicional Escondidinho: Escondidinho de camarão e de carne seca; Caldo e Carne de Sol; Caldo De Camarão ao creme de Mandioca e Carne de Sol com Mandioca
CHEFS: João Fajardo e Arlete

QUINTAL GOURMET BÊ-Á-BÁ DA TEREZINHA
Cardápio: Filé mignon ao molho gorgonzola ou madeira, com arroz branco e batata soutê; Mineiro Come Keto: Costelinha de porco com molho barbecue, arroz, tutu com linguiça, mandioca e couve; Risoto de Camarão
CHEF: Manoel Inácio Peixoto

QUINTAL GOURMET DA MINHA TERRA
Entradas: Trio Capetinha- Canudinho recheado com ragu de linguiça, acompanhado com geleia de pimenta e uma dose de cachaça premiada; Bolinho de feijoada; Satay mineiro
Pratos principais: Bobó mineiro; e Brasileirinha:Confit de costela sobre cama de baroa e espinafre cremososa
Jantar de sábado: Chef Ricardo Vieira: Lombinho confitado, farofa de castanha brasileira com pequi, pirão de taioba, queijo canastra, molho de pimenta.
Almoço de sábado: Feijoada
Almoço de domingo: Frango com Quiabo
CHEFS: Fernanda, Gláucia e Teresa Raquel

QUINTAL GOURMET MÃE JOANA
Cardápio: Frango à moda da Casa: Creme de mandioca com catupiry e picadinho de frango ao vinho com ervas e muçarela; Lagarto Molhado: Lagarto ao molho de laranja e queijo; Costela do boi: Costela de boi ao vinho e jiló com angu
CHEF: Sandoval Fidélis de Carvalho Filho

QUINTAL GOURMET MANGA ROSA
Menu Degustação: Entrada: Polenta cremosa, fonduta de queijos mineiros e castanhas.
Prato Principal: Porquinho Prensado, cuscuz de canjiquinha e ora-pro-nobis.
Sobremesa: Trifle de banana – banana, doce de leite, paçoquinha e sorvete de creme.
Regatone: Com creme de leite fresco, parmesão, limão e migas de pão.
Peixe do dia: Com purê de banana caramelizada e legumes verdes.
Porquinho Prensado: Com cuscuz de canjiquinha e ora-pro-nobis.
Rabada ao vinho tinto: Cozida por 6 horas, cebolinha e polenta defumada.
Sobremesas: Trifle de banana: banana, doce de leite, paçoquinha e sorvete de creme; Romeu e Julieta: goiabada crocante, sorvete de queijo e tapioca em piso refrescante de canela.
Cardápio de domingo: Paella Mineira
CHEF: Pablo Oazen

QUINTAL GOURMET Ó PAÍ, Ó
Cardápio: Leitoa a pururuca: Arroz branco, tutu, couve, banana frita;
Carne Tropeira: Arroz branco, purê de mandioca, manteiga de garrafa, carne de boi cozida e feijão fradinho. Petiscos: Rocambole de torresmo, Conchinha de Jiló recheada com linguiça de Recreio.
CHEF: Alceir de Andrade de Silva

RESTAURANTE DAS PEDRAS
Entradas: Brusqueta de Shitake, Canudinho de bacalhau, Tartare de salmão
Pratos principais com sobremesa: Costelinha defumada ao molho de barbecue com mashed potatoes, brócolis salteados no azeite aromatizado,alho e alecrim. Sobremesa: Profiteroles de queijo com calda de goiaba;  Tornedor de filé mignon grelhado, espaguete de pupunha ao creme de azeite balsâmico e módena e arroz com nozes. Sobremesa: Manjar de coco, com calda de chocolate; Penne ao molho cremoso de alho poro com camarões salteados no azeite. Sobremesa: Crepe de chocolate com creme de baunilha e morango.
CHEF: Malu França

RESTAURANTE SPETACOLLO
Cardápio:Medalhão do Rei:Medalhão de filé mignon, arroz à piamontese, batata chips; Picanha Sérgio Reis:Picanha ao sal grosso, batata south, arroz com brócolis e alho; Bobó de Camarão:Camarão ao creme de mandioca, aromatizado com coentro e arroz branco.
CHEF: Maria Aparecida Furtado

Copa: estrangeiros incluem destinos religiosos no roteiro

Boa parte dos cultos, visitas a templos e pontos turísticos marcados pela religiosidade tem apoio bilíngue para atrair o turista que vem de fora.

Os estrangeiros em viagem pelo Brasil durante o período da Copa desejam mais que assistir os jogos do Mundial. São esperados cerca de 600 mil turistas internacionais que devem permanecer no país por volta de 17 dias. No roteiro, está incluído o contato com a cultura brasileira, com a gastronomia e também com as manifestações religiosas. Durante a estada em solo verde-amarelo, os estrangeiros devem, ainda, visitar ao menos outras duas cidades além das sedes, de acordo com estudo do Ministério do Turismo (MTur). Templos, igrejas e ícones aperfeiçoaram o atendimento em outro idioma para atender os visitantes.

Em Brasília, segunda cidade-sede com maior fluxo de turistas, cerca de 490 mil visitantes, entre brasileiros e estrangeiros, poderão assistir missas em quatro idiomas: inglês, espanhol, francês e italiano. A maioria, inclusive, será realizada na Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida. A Pastoral do Turismo, segmento coordenado pela Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), está divulgando a campanha “Copa do Mundo, Dignidade e Paz”, que tem por objetivo orientar e acolher os turistas estrangeiros que vieram ao Brasil assistir os jogos mundial. Arquidioceses das 12 cidades-sedes estão distribuindo folhetos com programações de igrejas-locais, além de curiosidades sobre as cidades-sede, os templos e a Copa.

Há também um grupo de missionários evangélicos de diversas nacionalidades que, desde a Copa da Alemanha, acompanham os países que sediam o mundial para convidar os turistas, especialmente nas Fan Fest e nos estádios, a participarem de cultos trilíngues e demais atividades religiosas realizadas nas igrejas evangélicas locais. Durante as ações, que promovem o turismo religioso, os jovens missionários também distribuem materiais que reforçam a necessidade da denúncia e combate à exploração sexual infantil.

Para dar mais conforto aos turistas que desembarcam no país, os muçulmanos, por exemplo, desenvolveram um guia eletrônico em inglês que terá, entre outras funções, a de indicar a direção da cidade sagrada de Meca, para onde os muçulmanos se voltam durante suas orações.

O MTur apoia o turismo religioso com o objetivo de gerar renda para as populações locais e contribuir para o desenvolvimento regional. As viagens que incluem a motivação religiosa são, hoje, um grande impulso ao turismo nacional. Cerca de 15 milhões de brasileiros viajam todos os anos pelo país em busca de destinos religiosos. Os diversos rituais religiosos também agradam os estrangeiros. De acordo com projeção do Ministério do Turismo, 60 milhões brasileiros realizaram 197 milhões de viagens domésticas em 2012. Desse total, 3,94 milhões tiveram como foco o turismo religioso.

Acesse aqui a programação completa das missas católicas nas cidades-sede e aqui a programação do grupo de jovens missionário nas igrejas evangélicas.

Fonte: Ministério do Turismo

Copa do Mundo servirá de parâmetro para Olimpíadas

Para o Ministério do Turismo, a Copa do Mundo, principal evento de futebol do mundo, está servindo de base e inspiração para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos que acontecerão em 2016 na cidade do Rio de Janeiro. Algumas obras, como de acessibilidade e sinalização serão revistas e intensificadas não só no Rio como em todo o Estado e em algumas das principais cidades turísticas do Brasil.

A maior mudança será em relação a promoção do País no exterior. O ministro do Turismo, Vinícius Lages (foto), afirmou que seu Ministério está em conversa com Apex e Itamaraty para trazer mais investimentos ao Brasil. “Enquanto o Brasil estiver em evidência, vamos trazer não só turistas quanto investimentos. E precisamos buscar cada vez mais empresários, seja do ramo da hotelaria, aviação ou qualquer outra área da indústria do turismo”, afirmou Lages.

Em relação à Embratur, Lages falou da intensão de transformar o Instituto, órgão responsável pela promoção do turismo no exterior, em uma agência, para facilitar o trabalho de promoção.

Fonte: Panrotas

Copa: hotéis flutuantes são opção de hospedagem

Navios de grande porte e até mesmo iates de luxo vão servir de acomodações para turistas brasileiros e estrangeiros durante o Mundial.

Os navios de cruzeiro servirão como apoio de hospedagem durante os jogos da Copa do Mundo. Cidades-sede como Manaus, Natal, Fortaleza, Recife e Rio de Janeiro já estão preparadas para receber embarcações de grande porte, que ficarão atracadas em portos e marinas – e servirão de acomodações aos visitantes, principalmente estrangeiros.

O Ministério do Turismo criou um plano alternativo de hospedagens para atender à demanda de turistas em algumas cidades-sedes da Copa. A estimativa geral é de que cerca de 600 mil estrangeiros e outros 3,1 milhões de brasileiros circulem pelo país durante a competição. Albergues, aluguéis de temporadas, campings, cama e café oferecem novos leitos além dos tradicionais, como hotéis e pousadas.

Manaus, por exemplo, deve receber cerca de 28,5 mil estrangeiros e outros 147,7 mil brasileiros nos dias de jogos. A capacidade hoteleira tradicional da cidade era de 20,6 mil acomodações e com as hospedagens alternativas outros 4,3 mil leitos foram disponibilizados. O mesmo aconteceu com as demais cidades-sede como Natal, Recife e Cuiabá.

Um dos navios que servirá de hotel flutuante é o MSC Divina que estará pela primeira vez no Brasil. Além de passar pelo porto de Santos, a embarcação ficará atracada em portos de Recife, Natal e Fortaleza, entre 10 a 23 de junho. Com capacidade para 3.500 pessoas o navio de luxo foi fretado por torcedores mexicanos e servirá de hospedagem aos visitantes daquele país durante os jogos que a equipe fará no Nordeste. No mesmo grupo que o Brasil, a seleção do México jogará dia 13, em Natal contra Camarões; em Fortaleza, dia 17 contra o Brasil; e dia 23 em Recife contra a Croácia.

Segundo o diretor do Departamento de Estudos e Pesquisas, José Francisco Lopes, “cidades que recebem grandes eventos e tem ligações com rios navegáveis e com o mar, como Mônaco, na F-1, costumam receber navios e iates que servem de meios de hospedagens para seus visitantes”, afirmou. O Ministério do Turismo já liberou R$ 27,4 milhões para investimentos em turismo náutico.

Outro navio que estará disponível para hospedagens e passeios é o Grand Amazon, que desde 2005 faz cruzeiro fluvial em meio aos rios Negro, Solimões e Amazonas. A embarcação tem capacidade para 150 passageiros-hóspedes em 75 cabines, e entre os dias 16 a 22 de junho ficará atracado no Porto de Manaus como hotel flutuante.

Já o porto de Santos deverá receber um navio de grande porte fora da temporada de cruzeiros, o Monarch, da empresa Pullmantur, que servirá de hospedagem para os torcedores da Costa Rica. A cidade de Santos foi escolhida pela seleção costarriquenha como sede de treinamento. A embarcação ficará no porto santista entre 22 e 25 de junho e tem capacidade para 2.800 passageiros.

Ainda, no Rio de Janeiro, houve uma grande procura por reservas nos piers da Marina da Glória. Segundo informações da administração da marina, cerca de 25 iates com mais de 100 pés vindos da Inglaterra, Alemanha e Estados Unidos, além do Brasil, deverão ficar atracados no píer e servir de hospedagem para turistas brasileiros e estrangeiros, muito mais que toda a ocupação do ano passado da marina que recebeu cerca de 13 embarcações. Boa parte dos barcos deve chegar ao Rio apenas com a tripulação e ficarão no píer aguardando seus hóspedes que chegarão de avião.

Segundo dados do Anuário Estatístico do Ministério do Turismo, no ano de 2012, o Brasil recebeu cerca de 90,3 mil turistas estrangeiros que chegaram ao país por via marítima, sendo a maior parte deles, 51,8 mil eram de países da América do Sul e outros 29,1 mil oriundos da Europa.

Fonte: Ministério do Turismo

Cuiabá aposta em hospedagem alternativa

Oferta na capital de Mato Grosso é incrementada com sites que permitem ao turista reservar acomodação.

Cuiabá está preparada para hospedar os turistas que irão assistir aos quatro jogos da Copa que a cidade receberá durante a primeira fase do Mundial. Mesmo com a capacidade hoteleira quase totalmente lotada, as autoridades locais garantem que será possível atender a demanda de turistas por hospedagem.

Três sites podem ajudar o torcedor a achar alternativas para pernoitar na  capital matogrossense. Um deles é  o Aluguel Cuiabá 2014. O site se propõe a promover a hospedagem alternativa e locação por temporada durante o período da Copa do Mundo.

Já o programa Cama e Café, uma versão brasileira do sistema bed and breakfast, estimula o viajante a se hospedar em casas de moradores locais. O Cama e Café matogrossense foi implantado também pensando no turista que visitará o estado durante a Copa. O programa abrange os municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Santo Antonio do Leverger, Poconé e Nobres, todos nas proximidades da cidade-sede, num raio de até 130 quilômetros.

Uma outra possibilidade para quem procura hospedagem em Cuiabá é o próprio site da prefeitura, que traz uma lsita dos campings na cidade e arredores. O site municipal também terá um link para um serviço on line comunitário (airbnb) onde são anunciadas acomodações para visitantes.

De acordo com o Ministério do Turismo, cerca de 172 mil turistas, entre brasileiros e estrangeiros, deverão visitar Cuiabá durante a Copa e deverão injetar na economia do estado cerca de 311 milhões de reais.

Acesse aos sites que oferecerão hospedagem em Cuiabá:

http://www.cuiaba.mt.gov.br/turista/confira-as-formas-de-hospedagem-alternativa-em-cuiaba/8306

http://www.aluguelcuiaba2014.com.br/pt/

http://camaecafemt.com.br/

Veja a tabela de jogos que acontecerão na capital mato-grossense:

13 de junho: Chile X Austrália

17 de junho: Rússia X Coréia do Sul

21 de junho: Nigéria X Bósnia Herzegovina

24 de junho: Colômbia X Japão

Fonte: Embratur

Guia ajudará a proteger turistas durante a Copa

Iniciativa do governo federal pretende solucionar rapidamente conflitos de consumidores durante a Copa.

Foi lançado ontem o Guia do Consumidor Turista para orientar os turistas estrangeiros e brasileiros sobre seus direitos em relação a transportes, pacotes de turismo, hospedagem, telefonia, alimentação e lazer. Durante a cerimônia no Ministério da Justiça, também foi lançado o Centro Integrado de Proteção ao Consumidor. A iniciativa é uma parceria entre diversos órgãos do governo federal – Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça e ministérios da Saúde, dos Transportes, do Turismo, da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) e a Secretaria de Ação Civil, além de outros órgãos públicos e de defesa do consumidor.

O guia será em três idiomas – português, inglês e espanhol – e será distribuído nas 12 cidades-sede, nos aeroportos, Procons, além de estar disponível no site do Ministério da Justiça.

“É muito importante para o turista uma solução rápida para seu problema porque ele não ficará muito tempo em cada cidade. A Copa exige um rito efetivo”, afirmou a secretária Nacional de Direito do Consumidor (Senacon), Juliana Pereira.

O Centro Integrado de Proteção ao Turista vai integrar órgãos federais, estaduais e municipais além de representantes da iniciativa privada  para proteger o consumidor turista durante a Copa. O objetivo do governo é que o Centro solucione o eventual conflito do turista rapidamente. “A ideia é buscar as soluções em questão de horas”, frisou Juliana Pereira.

O Guia e o Centro Integrado são frutos de 15 meses de trabalho de diversos órgãos federais que fizeram parte do  Comitê Técnico de Consumo e Turismo. O comitê  faz parte do Plano Nacional de Consumo e Cidadania (Plandec) e foi coordenado pelo Ministério da Justiça. O grupo é composto por membros do Ministério do Turismo, Secretaria de Aviação Civil, Ministério da Saúde, Ministério dos Transportes, Embratur, Anac, Infraero, ANTT e Anvisa. O Plandec foi lançado pela presidenta Dilma Rousseff, em março de 2013.

ACESSE O GUIA AQUI

Fonte: Embratur

IX RioHarpFestival realiza concertos gratuitos em Minas Gerais

O RioHarpFestival é o maior festival de harpas no Brasil, sendo uma derivação da Série Música no Museu em seus concertos de outono. Ganhou importância internacional e hoje é um dos maiores do mundo no gênero. Chega à sua nona  edição como um evento cultural de carreira contínua, apresentando gratuitamente ao público nomes consagrados da harpa, que juntos representam a habitual volta ao mundo em torno deste instrumento, um dos mais antigos da nossa história.

Consolidado na agenda cultural carioca, o RioHarpFestival amplia o espaço dedicado à música de boa qualidade. Retorna a Minas Gerias pela segunda vez com dois concertos, privilegiando o destaque da harpa mineira Trio Amadeus, com a cantora e harpista Marcelle Chagas. Os concertos acontecem na sexta-feira (06), às 19h, no auditório do Memorial Minas Gerais Vale, em Belo Horizonte, e no domingo (08), às 15h, no Sesi Tiradentes – Centro Cultural Yves Alves.

O Trio Amadeus sobe aos palcos das cidades mineiras que recebem o RioHarpFestival com sua formação mais nobre: ao centro, a harpa e o canto doce de Marcelle Chagas, à esquerda, a voz leve e o violão rasgado de Fábio Lopes, e à direita, o violino virtuoso de Rafael Marcenes. O grupo aproveita a oportunidade da apresentação gratuita para apresentar músicas inéditas, estreando versões inusitadas para sucessos da música pop como Smooth Criminal (Michael Jackson), With Out You (David Guetta) e A Thousand Years (Christina Perri).

PROGRAMAÇÃO RIO DE JANEIRO:
Os concertos, diários e gratuitos – assim desde sua primeira edição – estão sendo realizados de 1 a 31 de maio em diversos cartões-postais da cidade como o Corcovado, Ilha Fiscal, Forte de Copacabana, Jockey Club Brasileiro, igrejas, Sinagoga, clubes, além dos museus e demais espaços culturais onde se realiza a Série Música no Museu, entre eles o CCBB, MHN, CC Light, CC Justiça Federal, teatro SESI, Grande Templo e a Hebraica, além da ACRJ e da expansão para São Paulo (Museu da Casa Brasileira) e cidades de Minas Gerais. A idéia é privilegiar a música de boa qualidade, sem distinção de procedência, escola ou época, da música medieval aos clássicos europeus, dos românticos aos impressionistas, dos modernos aos contemporâneos.

Todos os concertos são gratuitos e o  programa completo pode ser visto nos sites:

http://www.rioharpfestival.com/ e www.musicanomuseu.com.br

MAIS SOBRE TRIO AMADEUS:
Marcelle Chagas (harpa e voz), Fábio Lopes (violão e voz) e Rafael Marcenes (violino) formam o trio que há 10 anos aposta na missão de romper as barreiras do tempo, ruindo referências seculares num estilo pessoal e contemporâneo. A mistura de elementos é o que confere ao trabalho sonoridade e presença singulares.

A harpa, instrumento milenar raríssimo, associado a ocasiões nobres, em diálogo com o violão, símbolo da cultura popular que dispensa apresentações. O violino surge como o elo entre a aplicação dos instrumentos na história da música e a sustentação de notas mais longas. O som peculiar do encontro é reforçado pela combinação ambígua de técnicas (lírico e popular) dos cantos dos dois vocalistas, Marcelle e Fábio, em belos arranjos de vozes.

Mas o ímpeto de mesclar elementos vai além da forma: a especialidade do Trio é fazer versões personalíssimas, mesclando peças eruditas e populares, antigas e contemporâneas, em apresentações com muita dinâmica e emoção. Árias de óperas, canções de musicais, trilhas de filmes, sucessos atemporais e novidades, do mundo e autorais.

De Mozart – homenageado com o nome do grupo, e primeiro  sucesso, com a versão de “Papageno” (A Flauta Mágica) – a canções populares de musicais como “O Fantasma da Ópera”, “Cats” e “O Mágico de Oz”. Peças medievais e releituras de rock e pop são um toque especial. Com 3 CDs lançados, sendo o mais recente também DVD, “Trio Amadeus – Ao Vivo” (2012), o grupo prepara um novo projeto, que começa a circular no segundo semestre de 2014.

Mais em: www.trioamadeus.com.br

SERVIÇOS:

IX RioHarpFestival – Minas Gerais apresenta: Trio Amadeus
Belo Horizonte
Data: 06 de junho, sexta-feira
Horário: 19h30
Local: Auditório do Memorial Minas Gerais Vale
Endereço: Praça da Liberdade, s/n˚, Esquina com Rua Gonçalves Dias
Entrada franca (sujeita à lotação do espaço) – Capacidade: 100 lugares

Informações: (31) 3343-7317 | (31) 3308-4013

Tiradentes

Data: 08 de junho, domingo
Horário: 15h
Local: Auditório do Sesi Tiradentes – Centro Cultural Yves Alves
Endereço: Rua Direita, 168 – Centro – Tiradentes
Entrada franca (sujeita à lotação do espaço) – Capacidade: 120 lugares
Informações: (32) 3355-1503