Etihad terá apartamento, studio e residência a bordo

ABU DHABI – O presidente e CEO da Etihad Airways, James Hogan, lançou na manha deste domingo, 4 de maio, em Abu Dhabi, as novas classes que a empresa de Abu Dhabi implantará a partir de dezembro deste ano, nos A-380 e B-787. As novas aeronaves, que começam a chegar no final do ano, já virão com o novo desenho do projeto Flying Reimagined, que levou cinco anos, entre pesquisas, análise de custos e negociações com autoridades e fabricantes. Já as aeronaves já existentes passarão por um retrofit nos próximos anos, para se adaptarem aos novos padrões, inspirados na hotelaria de luxo, no design arrojado de Abu Dhabi e na segmentação do cliente. Algumas classes, porém, são exclusivas do A-380 e do B-787.

A Etihad receberá, nos próximos anos, dez A-380 com 498 lugares (há opção para mais cinco), em quatro classes, e 71 787 (41 787-9 e 30 787-10), com duas ou três classes. Também há pedidos de A-350 e dos novos Boeing 777. A frota atual de 96 aeronaves ganhará 15 aeronaves este ano. Segundo Hogan, a companhia já recebeu 40% dos 200 aviões pedidos em 2008, no famoso contrato de US$ 43 bilhões. No ano passado, em Dubai, houve nova negociação.

Os nomes das novas classes já dizem que a empresa, nas palavras de seu líder, foi um passo além do que existe hoje no mercado:

The Residence by Etihad, exclusiva do A-380 e com três ambientes: sala, banheiro e quarto com cama de casal. Pode acomodar até duas pessoas, algo inédito na aviação.

First Apartment, também exclusiva do A-380. Os nove apartamentos estarão divididos por um corredor único, como em um hotel, e terão poltrona e cama. O espaço é 74% maior que a atual primeira classe.

First Suites, nova configuração da primeira classe no 787. Como as cabines foram projetadas em blocos circulares, os corredores ficaram em curva, algo inédito na aviação.

Business Studio, a nova classe executiva, com 20% mais espaço que a atual. São 70 lugares no A-380 e 37 no B-787.

No A-380, a The Residence (duas pessoas), a First Apartment (nove cabines individuais, seis delas conctantes) e a Business Studio (70 lugares) ocupam o upper-deck. As três classes podem utilizar o The Lobby, espaço com TV, bebidas, jogos e seis assentos para quem quer variar o ambiente durante o voo. A primeira classe também conta com chuveiro e sala para troca de roupa.

Na parte de baixo do A-380, os 417 lugares da classe econômica, que ganhou novo assento: o Economy Smart Seat, com encosto para a cabeça fixo (como se fosse o assento da janela), ajuste lombar, conectividade (tomadas e wi-fi estarão disponíveis), cores vibrantes e lounge para snacks e bebidas. O novo assento também estará no 787.

Primeiros mercados
O A-380 da Etihad fará sua estreia na rota Londres-Abu Dhabi, em dezembro. Segundo Peter Baumgarter, chief commercial officer da empresa, o preço de uma perna Londres-Abu Dhabi será de US$ 25 mil na The Residence, e a primeira classe terá preços semelhantes aos atuais.

Depois de Londres, o A-380 da Etihad chegará a Nova York, Paris, Melbourne e Sydney. Já o 787 será operado para Washington, Dusseldof, Mumbai e mais 40 destinos à medida em que forem sendo entregues as aeronaves.

“Estamos apostando em segmentação e levamos em conta desde o peso dos novos produtos até os custos. A classe The Residence traz o conforto de um jato privado ou de um iate e nossas pesquisas indicam que há mercado para isso. Nós ganhamos dinheiro com a primeira classe. Pode ser que empresas europeias não ganhem, mas estamos apostando nessas novas classes pois sabemos que nos trará retorno”, disse James Hogan, no encontro com mais de 100 jornalistas de todo o mundo (do Brasil, a PANROTAS e a revista Wish cobrem com exclusividade).

“Inovação requer investimento contínuo e vamos oferecer algo único ao mercado. Criamos um Centro de Inovação para continuarmos a nos desafiar. Esse é o primeiro resultado”, explicou Hogan, que não revelou os investimentos feitos nos novos produtos. “A companhia deu lucro no ano passado e esperamos o mesmo para 2014. Os novos produtos estão alinhados com nossa meta de rentabilidade”, finalizou.

Outras novidades do A-380 e do B-787 da Etihad incluem:

– área de reza com privacidade, para os muçulmanos, incluindo um sinalizador da direção exata de Meca.
– entrada das aeronaves lembrando o lobby de um hotel –butique, com os equipamentos de serviço “escondidos”por persianas decoradas com elementos da cultura árabe.
– iluminação e decoração que lembram os hotéis-butique.
– mordomo treinado pela Savoy Academy na suíte The Residence.
– a The Residence só poderá ser fruto de upgrade se o cliente quiser pagar com milhas. Nem funcionários, nem convidados, nem clientes Vips terão upgrade para a The Residence.

Fonte: Panrotas

Gol anuncia duas novas rotas a partir de Campinas – SP

A Gol terá duas novas rotas a partir do aeroporto Internacional de Viracopos (Campinas-SP) – Miami (EUA) e Rio de Janeiro (Santos Dumont). Os voos já estão a venda e começam a ser operados em 18 de julho.

A ligação Viracopos-SDU terá seis novos voos diários. A operação internacional entre Campinas e Miami terá três frequências com escala em Santo Domingo às segundas, quartas e sábados. A novidade possibilitará aos clientes da grande Campinas a opção de permanecer em Santo Domingo, se conectar a Orlando ou seguir para Miami.

Fonte: Panrotas

EUA é o maior emissor de passagens para Copa

Os Estados Unidos são o país com maior emissão de passagens aéreas para o Brasil durante a Copa do Mundo. Além disso, os norte-americanos são os que ficarão pelo período mais longo em solo brasileiro durante o evento.

Os dados são de um estudo sobre a vinda de estrangeiros em junho e julho deste ano, feito pela empresa espanhola Forward Data em parceria com a Pires & Associados no Brasil. Alemanha e Inglaterra aparecem em segundo e terceiro no ranking dos maiores emissores.

Entre outros destaques, a pesquisa mostra que o número de pessoas que fizeram reservas para estar no Brasil durante os dias da Copa é cinco vezes maior do que no mesmo período do ano passado, enquanto o dos que fizeram reservas para estar no País durante os meses junho e julho de 2014 é três vezes maior do que no mesmo período de 2013.

As cidades que mais receberão turistas estrangeiros são, respectivamente, Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador. O primeiro viu um crescimento de 590% na emissão de passagens para o período, enquanto, as capitais paulista e baiana, cresceram respectivamente 493% e 457%.

Exceto para Argentina, Venezuela e o Suriname, todos os países da América do Sul viram aumento de reservas aéreas de estrangeiros. O estudo também aponta que, como ocorreu na África do Sul, o ritmo de reservas aéreas deve diminuir com a aproximação do evento, pois as reservas foram feitas de maneira antecipada.

Decolaram também as reservas domésticas no período de junho a agosto, com um crescimento três vezes maior quando comparado com o mesmo período em 2013, e até mesmo com um crescimento nove vezes mais quando se considera o período de 1º a 26 de Junho (incluindo as primeiras etapas da competição).

Fonte: Panrotas

Aeroportos brasileiros têm recorde de movimentação

O Ministério do Turismo revelou que os aeroportos brasileiros nunca receberam tantos passageiros quanto em 2013. No período, 89 milhões de pessoas desembarcaram no Brasil, sendo 9,4 milhões de voos internacionais e 89 milhões de domésticos.

Vinicius Lages, ministro do Turismo, afirma esperar um novo recorde em 2014, portanto prepara a malha aeroportuária brasileira. “A meta é avançar ainda mais este ano, afinal, teremos pela frente Copa do Mundo e Jogos Olímpicos e os aeroportos estão se preparando para o acréscimo na demanda”.

Em comparação com 2012, o crescimento de embarques nacionais foi de 4%, enquanto os internacionais, 1%. Os dados são da Infraero e da Anac.

O MTur avalia que o aumento exponencial dos desembarques foi impulsionado, em parte, pelo crescimento do poder de compra da classe C, junto com uma maior facilidade de financiamento dos bilhetes aéreos e o aperfeiçoamento dos programas de milhagem.

Fonte: Panrotas

Aérea boliviana começa a voar para o Brasil em maio

Em maio, mais uma aérea internacional começa a voar para o Brasil. Trata-se da boliviana Amaszonas Líneas Aereas, estabelecida em 1998 tendo como hub Santa Cruz de la Sierra. Os voos para o Brasil ligarão a cidade boliviana a três destinos: Cuiabá, que terá três frequências semanais a partir de 22 de maio; Campo Grande, também com três voos por semana, a partir de 31 de maio; e Brasília, com outras três frequências semanais em junho, a partir do dia 10.

Na Bolívia, a aérea voa para a capital La Paz e destinos como Cochabamba, Sucre e o Salar de Uyuni, um dos principais destinos turísticos do país. A aérea já opera voos internacionais, com frequências diárias de Santa Cruz de la Sierra para Assunção, no Paraguai, e Cusco e Arequipa, no Peru, entre outros destinos. Os planos de expansão, segundo o vice-presidente da empresa, Luis Vera, responsável pelas operações internacionais, incluem, além dos voos para os três destinos brasileiros, o início das operações no Chile, com a operação para Iquique, e na Argentina, com voos para Salta, no norte do país.

“Temos uma frota eficiente, com seis modernos jatos canadenses Bombardier, Canadair CRJ-200, para 50 passageiros”, conta. Além disso, até o final deste ano outras duas aeronaves serão integradas à frota da aérea, que tem acordo interline com a espanhola Air Europa, a Copa Airlines, a chilena Sky Airline e a Aerolíneas Argentinas. O site da companhia aérea é o www.amaszonas.com.

Fonte: Panrotas

Gol adapta configuração de 116 aviões até a Copa

Os operadores associados à Braztoa foram informados em primeira mão, pelo presidente da Gol, Paulo Kakinoff, sobre a adoção do produto Gol Mais, com a instalação de assentos conforto, em todas as aeronaves da companhia com operação doméstica. Kakinoff participou da convenção da associação, realizada neste fim de semana, em São Paulo, e informou que o sucesso do produto na ponte aérea Rio-São Paulo justifica sua ampliação.

Com isso, a Gol terá 33 aviões com o novo padrão até o carnaval, chegando a 116 antes do período da Copa do Mundo. Com a nova configuração, os modelos Boeing 737-800NG passam a ter 177 assentos, contra os 189 oferecidos anteriormente. As fileiras 2 a 7 do lado direito e 3 a 7 do lado esquerdo são identificadas como GOL+Conforto. Nessa categoria, a distância entre essas fileiras passa de 30 para 34 polegadas (86,3cm) e a reclinação do encosto aumenta em 50%. Nas demais fileiras a distância entre as poltronas aumenta de 30 para 31 polegadas (78,7cm).

Os modelos Boeing 737-700 terão 138 assentos (eram 144) e a configuração GOL+Conforto será das fileiras 1 a 7 em ambos os lados. Nas demais fileiras a distância é de 30 polegadas (76,2 cm). Segundo a Gol, as mudanças farão com que a companhia, até o final deste ano, tenha a maior oferta de assentos na categoria A de acordo com o padrão de classificação da Anac. As aeronaves com a nova configuração são identificadas com GOL+ na fuselagem.

Fonte: Panrotas

Brasil ultrapassa marca de 110 milhões de passageiros aéreos

O número de passageiros transportados em voos domésticos e internacionais no ano passado cresceu 1,66% em comparação a 2012. Segundo dados divulgados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o total inclui tanto bilhetes pagos quanto gratuitos, em voos administrados por empresas brasileiras e estrangeiras.

Os passageiros de voos internacionais foram 19,3 milhões, o que representa aumento de 2,45% em relação a 2012. Dentro do país, foram 91,8 milhões de pessoas voando em 2013, com crescimento de 1,49% sobre o ano anterior.

Os dados são divulgados pela Anac com base em relatórios recebidos mensalmente das empresas aéreas. Segundo a agência reguladora, o volume de manifestações encaminhadas pelos passageiros à Anac caiu 14,7% em 2013, na comparação com 2012. No ano passado, foram 12.555 manifestações, entre críticas, reclamações, dúvidas e elogios relacionados ao serviço prestado pelas empresas aéreas.

Fonte: Agência Brasil

Azul dará 15% de desconto em bilhetes aéreos

Azul Linhas Aéreas Brasileiras está com uma promoção que oferece bilhetes com descontos de 15%. Para se beneficiar, o cliente deve inserir o código 14AZUL nas compras realizadas por meio do website da companhia. O desconto é aplicável em qualquer passagem disponível até às 8h do dia 2 de janeiro e as viagens devem ser realizadas entre 22 de janeiro e 31 de maio de 2014, exceto para as seguintes datas: de 27/02 a 01/03/2014, de 04/03 a 05/03/2014, de 09/03 a 10/03/2014, de 16/04 a 18/04/2013, de 21/04 a 22/04/2014, de 29/04 a 01/05/2014 e de 04/05 a 05/05/2014.

Além dos descontos, a Azul também está com uma promoção especial para quem utiliza o aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte. Durante todo o mês de janeiro, os clientes cadastrados no Tudo Azul, programa de vantagens da companhia, ganharão até cinco vezes mais pontos por cada real gasto ao comprar passagens com origem ou destino no aeroporto da Pampulha. Os destinos que participam da promoção são: Guarulhos (SP), Uberaba (MG), Araxá (MG), Uberlândia (MG), Montes Claros (MG), Governador Valadares (MG), Macaé (RJ) e Vitória da Conquista (BA). A promoção é válida até dia 31 de janeiro.

Fonte: Panrotas