Sergipe é divulgado nas estações de metrô do Chile

Parceria firmada entre Embratur e governo estadual promove produtos e destinos sergipanos no Chile, quinto maior emissor de turistas para o Brasil.

Mais uma ação para promoção e divulgação de Sergipe no exterior está em andamento. Por meio de convênio firmado entre a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Secretaria de Estado do Turismo do Sergipe e Emsetur (Empresa Sergipana de Turismo), 210 painéis iluminados estampam destinos do estado nas principais estações de metrô de Santiago, no Chile. O metrô da cidade tem um fluxo diário de cerca de 2,5 milhões de passageiros. “O mercado chileno é considerado prioritário para o Nordeste do Brasil e esta ação reforça todo o esforço da Embratur para apresentar novas opções para os turistas do Chile”, disse o presidente da Embratur, Vicente Neto.

Essa é uma das ações de marketing previstas no convênio firmado com a Embratur, e tem como prioridade a divulgação dos festejos juninos, praias e cânion de Xingó. “A importância do mercado turístico chileno para o Brasil é crescente e pode ser reconhecida pela procura por ingressos da Copa do Mundo. O Chile está entre os 10 países que mais compraram ingressos para o mundial”, comentou Vicente.

“Estamos seguindo as orientações da Embratur sobre em quais mercados atuar. Sergipe não pode ficar de fora desta fatia do mercado. Além de ações de marketing, também estamos capacitando agentes de viagem do Chile”, explicou o secretário de Turismo de Sergipe, Elber Batalha.

Outras Ações

Operadoras e agências de viagens chilenas estão recebendo banners e folheteria em espanhol para exposição e distribuição nos pontos de venda, mostrando o que há de melhor em Sergipe para os turistas chilenos, que têm elevado grau de interesse em conhecer os estados da região Nordeste.

O presidente da Empresa Sergipana de Turismo, Paulo Henrique Sobral, ressaltou que, por meio do convênio com a Embratur, os festejos juninos sergipanos serão apresentados aos chilenos por meio de apresentações ao vivo.

Fonte: Embratur

Destinos brasileiros em destaque na Bolívia

A Embratur vai apresentar o Brasil aos mais de 10 mil visitantes que são esperados para a Feira Internacional de Turismo. Novos voos ligando os dois países serão inaugurados durante a FIT.

O trabalho de promoção turística internacional da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) tem proporcionado resultados positivos para o Brasil. Para dar continuidade às ações de promoção do País no exterior, o Instituto participará da Feira Internacional de Turismo da Bolívia (FIT Bolívia). Esta será a 18ª edição da feira, que acontecerá na cidade de Santa Cruz de la Sierra, entre 27 e 29 de março.

Durante o evento, será anunciado o lançamento de novos voos diretos de Santa Cruz de la Sierra para Cuiabá, Campo Grande, Brasília, Rio de Janeiro, Porto Velho e Porto Alegre, da empresa Amaszonas Línea Aérea.

“A Embratur apoia e comemora o início dos novos voos. As novas frequências descentralizam os portões de entrada, facilitam e aumentam a entrada de novos visitantes, para diferentes regiões do País”, explica a diretora de Mercados Internacionais do Instituto, Leila Holsbach.

O estado do Mato Grosso do Sul, um dos co-expositores da Feira Internacional de Turismo da Bolívia, vai destacar a cidade de Bonito que recebeu, em 2013, um prêmio de melhor destino sustentável do mundo. O exuberante cenário da cidade será, ainda, palco da Conferência Internacional de Ecoturismo e Turismo Sustentável que acontecerá entre 27 e 30 de abril deste ano. O evento, o mais importante do segmento Ecoturismo, deverá reunir mais de 500 profissionais de dezenas de países e contará com apoio da Embratur.

Além do Mato Grosso do Sul, os estados de Santa Catarina e Mato Grosso, e a operadora de viagem Martin Travel estarão representados no estande do Instituto, durante a feira.

A feira foi criada com o objetivo de contribuir com a promoção da oferta turística do continente americano no mercado boliviano. Voltada para profissionais de turismo e visitantes, a FIT inclui em sua programação atividades que apresentam a diversidade cultural dos países participantes. Além da área de exposição, haverá espaços específicos para apresentação de gastronomia e realização de espetáculos culturais.

“A presença da Embratur nesta feira da Bolívia trata-se de uma oportunidade para estabelecimento de alianças e estreitamento de laços comerciais no mercado, efetuar contato direto com o consumidor final e promover a imagem do Brasil e de produtos brasileiros”, destaca Leila Holsbach.

Emissão de turistas ao Brasil

Além de estar localizada na América do Sul, continente que é foco da promoção turística internacional, a Bolívia faz parte do grupo de mercados prioritários de atuação da Embratur.

Em 2012, o país ocupou a 12ª colocação no ranking de países que mais enviam visitantes ao Brasil. Foram 112.639 bolivianos que estiveram no País. A malha aérea atual, que liga a Bolívia ao Brasil, é composta por 14 voos semanais. A partir de maio, novos voos  servirão aos turistas dos dois países.

Desde 2004, o Comitê Descubra Brasil, criado pela Embratur e apoiado pela Divisão de Feiras e Turismo do Ministério das Relações Exteriores, está instalado no país.

Fonte: Embratur

Aérea boliviana começa a voar para o Brasil em maio

Em maio, mais uma aérea internacional começa a voar para o Brasil. Trata-se da boliviana Amaszonas Líneas Aereas, estabelecida em 1998 tendo como hub Santa Cruz de la Sierra. Os voos para o Brasil ligarão a cidade boliviana a três destinos: Cuiabá, que terá três frequências semanais a partir de 22 de maio; Campo Grande, também com três voos por semana, a partir de 31 de maio; e Brasília, com outras três frequências semanais em junho, a partir do dia 10.

Na Bolívia, a aérea voa para a capital La Paz e destinos como Cochabamba, Sucre e o Salar de Uyuni, um dos principais destinos turísticos do país. A aérea já opera voos internacionais, com frequências diárias de Santa Cruz de la Sierra para Assunção, no Paraguai, e Cusco e Arequipa, no Peru, entre outros destinos. Os planos de expansão, segundo o vice-presidente da empresa, Luis Vera, responsável pelas operações internacionais, incluem, além dos voos para os três destinos brasileiros, o início das operações no Chile, com a operação para Iquique, e na Argentina, com voos para Salta, no norte do país.

“Temos uma frota eficiente, com seis modernos jatos canadenses Bombardier, Canadair CRJ-200, para 50 passageiros”, conta. Além disso, até o final deste ano outras duas aeronaves serão integradas à frota da aérea, que tem acordo interline com a espanhola Air Europa, a Copa Airlines, a chilena Sky Airline e a Aerolíneas Argentinas. O site da companhia aérea é o www.amaszonas.com.

Fonte: Panrotas

Embratur promove noite de premiação no Japão

O prêmio é dedicado a agências de viagem que criam e ampliam pacotes turísticos para o Brasil e para os países sul-americanos no mercado japonês.

A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) realiza hoje (25/03) a 7ª edição da Noite de Premiação das Agências de Viagem, em Tóquio, no Japão. O prêmio é dedicado a empresas japonesas que criam os melhores pacotes de viagens para países que integram o Mercosul (Mercado Comum do Sul).

A estratégia de participação do Instituto no evento é motivar as agências a oferecerem mais pacotes de viagens para o País. “Nosso objetivo é incentivar os agentes de viagens no Japão a divulgar o Brasil para seus clientes, que cada vez mais, escolhem o Brasil pra fazer turismo.  Em 2011, cerca de 60 mil japoneses estiveram em nosso País. Já no ano passado,este número saltou para 73 mil e queremos continuar avançando”, comentou o presidente da Embratur, Vicente Neto.

Para esta edição, foram convidados cerca de 150 profissionais de turismo, entre agentes de viagem, operadores, empresas aéreas, imprensa, membros da JATA (Associação das Agências de Viagem do Japão) e da OTOA (Associação dos Operadores do Japão), e convidados das Embaixadas do Mercosul em Tóquio. O evento contará com a apresentação dos países. A mostra do Brasil será focada nas três cidades-sede em que o Japão irá jogar na Copa do Mundo FIFA 2014: Recife, Natal e Cuiabá.

Já na quarta-feira (26), a Embratur irá promover um seminário de capacitação para operadores e agentes na sede da JATA. Marcus Vinicius Sasse Figueira, da Diretoria de Mercados Internacionais do Instituto, falará sobre as cidades-sede da Copa e ferramentas digitais.

A escolha das empresas premiadas é baseada em pacotes turísticos publicados nos catálogos de viagem. Serão analisadas as seguintes categorias: Melhor Pacote para Turistas Jovens; Melhor Pacote de Performance de Vendas; Pacote mais Criativo;  Melhor Pacote Eleito pelo Comitê; Melhor Pacote de Ecoturismo e Melhor Pacote de Novo Destino. Cada empresa premiada receberá um troféu.

Em 2013, com a estratégia de incluir e motivar mais profissionais do turismo japonês, a premiação foi estendida aos operadores que criaram os pacotes para as agências maioristas e também para as companhias aéreas utilizadas nos pacotes vencedores.

Mercado japonês

Atualmente o Japão ocupa, junto com o Canadá, o 16º lugar no ranking de emissão de turistas para o Brasil. Em 2012, mais 73 mil japoneses vieram ao País.

Diferente dos outros 12 Escritórios Brasileiros de Turismo (EBTs) – instalados na América do Sul, na América do Norte e na Europa –, no Japão, a promoção do Brasil como destino turístico é feita em conjunto com os outros países do Mercosul (Argentina, Uruguai e Paraguai). A ideia principal desta representação é unir esforços para atrair turistas de países longínquos que têm dificuldades de acesso à América do Sul.

Fonte: Embratur

MTur divulga pré-classificados para verbas de eventos

No total, serão distribuídos R$ 3 milhões, sendo R$ 600 mil por macrorregião.

O Ministério do Turismo divulgou nesta sexta-feira (21) a lista preliminar dos projetos contemplados para receber apoio para eventos de fortalecimento do turismo. No total, serão distribuídos R$ 3 milhões, sendo R$ 600 mil por macrorregião.

A seleção dos projetos é restrita a entes públicos (prefeituras, secretarias de turismo estaduais e municipais) e os valores liberados por convênio são de no mínimo R$ 100 mil, e o máximo, de R$ 400 mil, conforme o número de habitantes do município.

Na região Norte do Brasil, os projetos que receberam a maior pontuação foram a Fundação de Educação e Turismo de Boa Vista (RR) e a Fundação Municipal de Cultura de Artes (AM). Já no Nordeste, o município de Aracaju (SE) e a Fundação Municipal de Ação Cultural (AL) obtiveram as melhores pontuações.

As maiores notas do Centro-Oeste são da Goiás Turismo (GO) e da Prefeitura de Cuiabá (MT). Já no Sudeste, os projetos mais bem colocados são do município de Pains (MG), da Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba (SP) e o município de Tombos (MG).

Por último, na região Sul, os projetos com maiores pontuações são dos municípios de Lages (SC), e da Fundação de Promoção e Planejamento Turístico de Joinville (SC).

O prazo de recursos segue até a próxima quarta-feira (cinco dias corridos) e o resultado final dos classificados será publicado no dia 26. Os projetos deverão ter realização prevista para o ano de 2014, mas não poderão ocorrer no período eleitoral de 05/07 a 05/10, e, em caso de haver o segundo turno, este período se estenderá até o dia 26/10. Os eventos também devem ter reconhecimento por seu caráter tradicional.

Após a publicação final dos resultados, os projetos serão encaminhados para a área técnica e diligências visando a aprovação do plano de trabalho. Caso não cumpram as exigências determinadas no edital novas propostas poderão ser chamadas conforme a classificação de pontuação que obtiveram na seleção preliminar.

O edital de chamamento foi publicado no dia 17 de fevereiro e encerrou no dia 9 de março de 2014, através do Sistema de Convênios (Siconv).

Fonte: Ministério do Turismo

Turismo brasileiro desperta atenção dos ingleses

Foto: Divulgação / Embratur

A 18ª edição do Goal to Brasil destacou as três cidades-sede da Copa do Mundo onde jogarão os súditos da Rainha.

Os operadores de turismo e os agentes de viagens de Londres, no Reino Unido, dedicaram a quarta-feira (19), ao Brasil. Além dos profissionais de turismo, jornalistas dos principais veículos de imprensa do país estiveram presentes em mais uma edição do Goal To Brasil, realizada pela Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), em parceria com os ministérios do Esporte e das Relações Exteriores.

“Com a proximidade da Copa do Mundo, o interesse sobre informações do Brasil aumentaram consideravelmente. Sendo assim, estamos aproveitando todas as oportunidades para diversificar nossos atrativos e mostrar que o País é um grande destino, pronto para realizar megaeventos”, ressaltou a diretora de Mercados Internacionais da Embratur, Leila Holsbach

Além de Leila Holsbach, do Embaixador do Brasil em Londres, Roberto Jaguaribe, e do assessor internacional do Ministério do Esporte, embaixador Carlos Henrique Cardim, participaram da coletiva de imprensa o secretário Municipal Extraordinário para a Copa do Mundo da Prefeitura de Belo Horizonte, Camillo Fraga Reis, o diretor de Marketing da Empresa Paulista de Turismo e Eventos, Orlando de Souza, e o chefe de Departamento de Promoção e Marketing da Amazonastur, João de Araújo.

“Tiveram destaque nesta edição as cidades de Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP) e Manaus (AM) que serão sedes de jogos da seleção da Inglaterra durante a Copa”, explicou Holsbach.

Aos jornalistas, os porta-vozes falaram sobre os preparativos do Brasil para receber os próximos grandes eventos esportivos. “O País passou por avanços em diversas áreas para que estivesse pronto para sediar a Copa do Mundo. Além disso, investimentos continuarão a ser feitos após o Mundial, o que beneficiará os brasileiros e os turistas de todo o mundo, cada vez mais interessados em conhecer nossos destinos”, ressaltou o Embaixador do Brasil em Londres, Roberto Jaguaribe.

Ainda sobre a Copa, o assessor internacional do Ministério do Esporte, embaixador Carlos Henrique Cardim ressaltou que o Brasil tem um papel importante na globalização do futebol. “Até 1958, a Copa do Mundo era um evento muito limitado, não tinha essa importância mundial. Foi o Brasil, com sua grandeza absoluta e criatividade no futebol, que trouxe essa outra perspectiva ao esporte. Por isso, o fato de ter uma Copa do Mundo no País é uma coisa natural”, declarou.

Após o encontro com a imprensa, o evento voltou sua atenção exclusivamente para os profissionais de turismo. Mais de 50 agentes de viagens do mercado receberam informações detalhadas sobre o Brasil. A Embratur também realizou uma Rodada de Negócios para incentivar a comercialização de pacotes turísticos para o País. Nesta edição estiveram presentes empresas do Rio de Janeiro (RJ), Florianópolis (SC), Mateiros (TO), Fortaleza (CE), Cuiabá (MT), Belo Horizonte (MG) e Salvador (BA), que realizaram encontros agendados com nove operadoras de turismo da Inglaterra, que resultaram em 81 reuniões.

A programação seguiu com a exposição dos estados brasileiros. Nesta edição, as cinco regiões do Brasil foram representadas por 11 estados. “Este foi o momento em que os agentes de viagens, que participaram do treinamento, puderam tirar suas dúvidas sobre os produtos e destinos de cada estado”, comentou Holsbach. O encerramento aconteceu às 19h com o “Vivências Brasileiras”, que reuniu todos os profissionais ingleses, envolvidos com o evento durante o dia, em uma degustação da gastronomia do Brasil, acompanhada por uma apresentação cultural.

Fonte: Embratur

Brasil reforça promoção turística na Inglaterra

Com a proximidade da Copa do Mundo, Embratur realiza mais uma edição do Goal To Brasil para promover produtos e destinos do País e gerar novos negócios

A menos de 100 dias para a Copa do Mundo, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo Brasileiro) continua com sua agenda de ações promovendo o Brasil como destino turístico sede de grandes eventos. Acontece hoje (19), mais uma edição do Goal To Brasil – Encontros Brasileiros. “Com a proximidade do mundial de futebol e o grande interesse por informações sobre o País, a Embratur segue com sua agenda de promoção nos principais mercados emissores de turistas para o Brasil”, disse a diretora de Mercados Internacionais da Embratur, Leila Holsbach.  A Inglaterra ocupa a 11ª colocação entre os países que mais enviam visitantes para destinos brasileiros. Em 2012, foram 155.548 turistas.

O Goal To Brasil Londres começará com uma coletiva de imprensa, que deverá reunir os principais veículos de comunicação da Inglaterra. Em seguida, haverá um treinamento para aproximadamente 80 agentes de viagens do mercado, que receberão informações detalhadas sobre o Brasil. Amazonas, Minas Gerais, São Paulo e Pernambuco terão destaque nesta edição, já que os estados serão sede de jogos com a seleção inglesa. “A procura por informações por estes destinos será maior e aproveitaremos a oportunidade para diversificar as opções de atrativos turísticos que os operadores ingleses poderão oferecer a seus clientes”, explica Holsbach. Ainda segundo a diretora, o workshop para os profissionais tem o objetivo de diversificar a oferta turística do Brasil.

O novo formato do Goal To Brasil também prevê a realização da Rodada de Negócios como uma forma da Embratur incentivar a venda de pacotes turísticos para o País. Para esta edição, nove empresas do Rio de Janeiro (RJ), Florianópolis (SC), Mateiros (TO), Fortaleza (CE), Cuiabá (MT), Belo Horizonte (MG) e Salvador (BA) realizarão encontros agendados com nove operadoras de turismo da Inglaterra. “Serão ao todo 81 encontros, com oportunidades reais de novos negócios”, detalhou a diretora.

A programação seguirá com a exposição dos estados brasileiros. Nesta edição, as cinco regiões do Brasil estarão representadas por 11 estados. “Este será o momento em que os agentes de viagens, que participaram do treinamento, poderão tirar suas dúvidas sobre os produtos e destinos de cada estado”, comentou Holsbach. O encerramento acontecerá às 19h com o “Vivências Brasileiras”, que reúne todos os profissionais ingleses que estiveram envolvidos com o evento durante todo o dia em uma degustação da gastronomia do Brasil, acompanhada por uma apresentação cultural.

Goal To Brasil gera milhões de reais em expectativa de negócios para o ano da Copa

O Goal to Brasil – Encontros Brasileiros fechou o segundo semestre de 2013, com balanço positivo e gerou boas expectativas para o turismo brasileiro. Apenas nas três últimas edições que aconteceram na Colômbia (setembro), em Los Angeles (outubro) e Amsterdam (novembro), o evento conseguiu obter, em média, R$ 8,6 milhões de reais em expectativa de transações, por meio do turismo, para este ano no Brasil. “Esse levantamento foi realizado somando a média dos valores obtidos em cada um desses eventos. Os números foram identificados a partir dos resultados das rodadas de negócios entre operadores brasileiros e estrangeiros”, explicou a diretora, Leila Holsbach.

Evento recebe prêmio internacional

A iniciativa ganhou, em 2013, o prêmio Stevie Awards, um dos mais cobiçados prêmios do mundo na área de comunicação. O projeto foi inscrito pela agência Máquina da Notícia, uma das executoras do projeto, e levou três categorias. O case de “Brading” garantiu o ouro no grande reconhecimento, a prata foi para o quesito “questões globais” e o bronze foi conquistado na premiação “eventos”.

Antes de criar um novo modelo para o evento, a Embratur promoveu ao longo de dez meses (julho de 2012 a maio de 2013), 14 encontros, em diferentes países, para divulgar o Brasil como sede da Copa do Mundo Fifa 2014. O projeto formou 3.080 agentes de viagens e operadores de turismo ‘especialistas em Brasil’, e permitiu que 350 jornalistas, de 15 países, conhecessem detalhes dos preparativos do País para os grandes eventos esportivos.

Cada uma das 12 cidades-sede foi anfitriã das edições que aconteceram no Chile, Argentina, Colômbia, Peru, Uruguai, México, Alemanha, Espanha, França, Inglaterra, Itália, Portugal e Canadá. Na Colômbia e nos Estados Unidos, o Brasil como um todo foi o anfitrião do evento.

Fonte: Embratur

Estância Climática de Analândia

Analândia é um dos 14 Municípios reconhecidos como Estância Climática, que é um título concedido pelo governo do Estado de São Paulo a municípios que apresentem características turísticas e determinados requisitos como: condições de lazer, recreação, recursos naturais e culturais específicos. Devem dispor de infraestrutura e serviços dimensionados à atividade turística. Os municípios com este status podem receber aportes financeiros específicos para incentivo ao turismo.

Com excelente estrutura de pousadas, restaurantes, pizzaria, eventos o Município Estância Climática de Analândia tem como política a reconstrução e consolidação da atividade turística economicamente sustentável, posto isto, em parceria com a prefeitura a Associação de Desenvolvimento do Turismo da Região da Serra do Itaqueri – ADTURSI vem pontuando ações e diagnosticando os potenciais seguimentos do turismo no município que visem impulsionar a cadeia produtiva do turismo e bem como a estruturação do destino estancia climática de Analândia.

Certamente estão envolvidas inúmeras ações de diferentes complexidades que serão divididas em curto, médio e longo prazo um planejamento estratégico coerente e harmonioso com as necessidades locais, tudo com o objetivo maior sensibilizar e mobilizar a sociedade local à aceitação da atividade econômica sustentável do turismo, gerar conquista social e tornar o local atrativo para investimentos para empresários que se interessem em investir no Município Estância Climática de Analândia.

Assim afirma a Presidente Jamila T. Coimbra da www.adtursi.org que defende a gestão compartilhada do turismo entre município e entidade do terceiro setor sem fins lucrativos, pois a ADTURSI é um braço entre o poder público, poder privado e a sociedade, atuando de forma interna e externa fomentando a estrutura turística para os seguimentos de vários setores potencial de consumo dos serviços e produtos do turismo.

O Turismo e Meio Ambiente caminham juntos, um destino turístico deve ter preocupação para com o meio ambiente, pois o turista ao iniciar sua busca por um destino, certamente a qualidade de vida oferecida naquela localidade é um fator preponderante para sua escolha, bem como, uma economia sustentável. São propostas que temos como compromisso para o desenvolvimento sustentável do Turismo no município Estancia Climática de Analândia, complementa o Secretário Executivo da ADTURSI Sr. Odair Mistro.

Opções e Atrativos Naturais.
As atrações da cidade Estância Climática de Analândia que é uma cidade pequena tem muito a oferecer para quem está em busca de esportes de aventura, turismo rural, lazer, contemplação e observação de aves em mirantes e áreas verdes diretamente com contato a natureza com belos cenários paisagísticos e formações rochosas magníficas tudo com muita tranquilidade e segurança. Possui atrações para todos os gostos e idades, a cidade oferece roteiros de ecoturismo, turismo rural, gastronômico e banhos de cachoeiras.

Atrativos naturais mais conhecidos, estão os, morro do Cuscuzeiro com passeios e atividades de aventura, arvorismo, tirolesa, arco e flecha, escalada e rapel, passeio de trator e cavalgada, morro do Camelo com mirante, trilha, escalada e rapel e as cachoeiras do Salto Major Levy, do Escorrega, da Ponte Amarela, Roncador, Haras, Bocaina e Monte Sião ideais para contemplação, banho e atividades de rapel. Além de visitas monitoradas ao Haras Vila Colonial, com um dos mais elegantes e charmosos plantéis de cavalos paint horses do Brasil, visita a gruta do índio, ruínas da chaminé, antiga estação ferroviária com a casa do chefe da estação e um vagão dormitório do séc. XIX. Entre as opções gastronômicas, é possível experimentar iguarias da culinária caipira em diversos  restaurantes,  quiosques  do  Calçadão e casas de moradores, tais como: doces caseiros, queijos artesanais, cachaça artesanal, pães e bolachas de leite, visita a orquidário com parada para compras, as opções noturnas ficam por conta dos shows no calçadão, no empório, na cachaçaria e os quiosques na praça do coreto oferecem um clima agradável ao ar livre podendo observar as estrelas e o clima agradável.

Os eventos acontecem no calçadão com apresentações culturais todos os finais de semanas com repertórios variados.

A Estrutura de apoio ao turismo conta com hospedagens, restaurantes, comércios em geral, agências receptivas, atrativos turísticos, sítios, e muito mais…
Saiba mais em http://www.analandia.sp.gov.br/turismo
PAT – Posto de Atendimento ao Turista (19) 3566-7366.

A cidade conta com uma equipe profissional de turismo com objetivo de desenvolver o setor socioeconômico, capacitar, qualificar o atendimento, aprimorar produtos turísticos, aumentar oferta turística, inserir o pequeno produtor rural no trade turístico, organizar, fomentar e legislar o turismo local, apoiar o turismo rural, de aventura, lazer e contemplativo, aumentar o leque de opções gastronômicas e melhorar os serviços de apoio ao turista.

Por: Jamila T. Coimbra
Presidente www.adtusi.org

Brasil garante proteção ao consumidor turista

Participantes do I Seminário Internacional sobre Consumo e Turismo, fruto de parceria entre a Senacon/MJ e a Embratur, assinaram um documento que reconhece a proteção do consumidor turista como importante ferramenta de cidadania e desenvolvimento econômico e social.

Durante o I Seminário Internacional sobre Consumo e Turismo, realizado com apoio da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), autoridades nacionais e internacionais assinaram a Carta de Brasília, um documento que reconhece a proteção do consumidor turista como importante ferramenta de cidadania e desenvolvimento econômico e social.

O evento, realizado pela Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça (Senacon/MJ) nos últimos dias 11 e 12 de março, teve como principais objetivos, debater a proteção do consumidor turista como cidadão global e a proposta brasileira de Convenção de Proteção ao Consumidor Turista e Visitante apresentada na Conferência da Haia, em abril de 2013.

A carta cita a importância de desenvolver o tema “Proteção do Consumidor Turista” na agenda da Conferência de Haia, com vistas a uma convenção que priorize a cooperação administrativa entre os organismos nacionais de defesa do consumidor.

“O documento é fundamental para garantir a proteção do consumidor turista e, principalmente, o desenvolvimento econômico do País”, destaca o presidente em exercício da Embratur, Vicente Neto, que esteve presente na abertura do evento.

Durante o seminário, foi lançado o livro “A Proteção Internacional do Consumidor Turista e Visitante”. A publicação conta com artigos de especialistas de diversos países, como Austrália, Brasil, Canadá, Chile, China, Colômbia, Costa Rica, Holanda, Peru, Portugal, Suíça, Uruguai e a da Consumers International.

Leia a carta na íntegra: http://www.brasil.gov.br/turismo/2014/03/tratado-prioriza-protecao-do-consumidor-turista

Fonte: Embratur

Cidades-sede recebem reforço para atender os visitantes

Entre as ações destacam-se as estruturas eletrônicas com informações turísticas em seis idiomas e novos Centros de Atendimento ao Turista.

As 12 cidades-sede da Copa intensificaram suas atividades para atender melhor o turista que viajará pelo país durante o mundial de futebol. Entre as ações com apoio do Ministério do Turismo estão novos profissionais especializados em prestar informações turísticas, além de centros de atendimento ao visitante, em unidades fixas e itinerantes.

Totens eletrônicos já estão à disposição do turista no aeroporto internacional Pinto Martins em Fortaleza, com informações em até seis idiomas. Também estarão disponíveis estruturas móveis de atendimento, em conteiners adaptados. Em São Paulo, a novidade será o atendimento móvel: ao redor da Arena Corinthians estarão circulando, durante os jogos, profissionais a bordo de cinco patinetes elétricos. O objetivo é distribuir mapas e informações aos torcedores que passarem pelo local. São Paulo também terá um telefone para atendimento ao turista: o 156, em entrará em operação a partir de abril.

Em Brasília, a expectativa é que sejam instalados mais quatro Centros de Atendimento ao Turista, os CATs, com profissionais preparados para oferecer informações sobre a cidade, distribuir mapas e sugerir roteiros turísticos, além de outras duas estruturas móveis. Hoje a cidade dispõe de três CATs em funcionamento: na Praça dos Três Poderes, no Aeroporto Internacional Juscelino Kubistchek e na Rodoviária Interestadual.

Ao investir na comunicação com o turista, o Ministério do Turismo (MTur) atende a uma das principais reivindicações dos estrangeiros que visitaram o país durante a Copa das Confederações: melhorar o atendimento em língua estrangeira. Durante o torneio, metade dos turistas estrangeiros que visitaram o país manifestaram dificuldades em se comunicar, segundo pesquisa do MTur, feita em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE). No período, foram entrevistados 1.338 turistas estrangeiros em aeroportos brasileiros.

O MTur está investindo R$ 22,3 milhões na construção e reforma de 90 Centros de Atendimento aos Turistas (CATs) em estados-sede da Copa do Mundo. Atualmente o país tem 96 deles instalados pelos principais centros receptores de turistas. A ação é uma parceria com estados e municípios, que investem mais R$ 2,3 milhões.   Atender bem ao turista é uma das missões do Ministério do Turismo – e algo que se tem feito com primor, como revelam duas pesquisas recentes, feitas com turistas que estiveram no país por ocasião da Copa das Confederações e da Jornada Mundial da Juventude. Em linhas gerais, o nível de satisfação com os serviços turísticos no país alcançou níveis acima de 90%, de modo que a maioria pretende voltar ao país.

Onde estão alguns novos CATs:
São Paulo – Cinco patinetes e três vans, além de um novo CAT no aeroporto de Congonhas.
Brasília – Serão instalados mais quatro CATs fixos e dois móveis, um deles na Torre Digital, um no Setor Hoteleiro Sul, um no Setor Hoteleiro Norte e outro na Torre de TV.
Fortaleza – Três totens eletrônicos no aeroporto internacional para fornecer informações.

Fonte: Ministério do Turismo