Embratur vai propor para a FIFA orientação a patrocinadores

O presidente da Embratur quer que a entidade oriente empresas a não associar suas marcas ao apelo sexual e que contribuam para divulgação do Disque 100.

Em entrevista coletiva, na tarde do dia 25/02, o presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Flávio Dino, comentou a carta enviada à empresa Adidas em que pediu a retirada de circulação de camiseta com alusão sexual ao Brasil. “A Embratur trabalha para combater esse tipo de caso, principalmente no que diz respeito à mercantilização e comercialização do corpo da mulher. O povo brasileiro e, especialmente, a mulher brasileira merece respeito”, afirmou Dino.

Para Dino, as empresas que querem associar sua imagem aos atrativos turísticos do Brasil durante a Copa do Mundo devem seguir os parâmetros utilizados pelo governo federal há mais de uma década. “E dentro desses parâmetros está a não aceitação da exploração sexual e, portanto, não tratar os corpos de homens e mulheres brasileiros como atrativos turísticos”, afirmou. “Em casos como este, a primeira ação da Embratur é preventiva, de entrar em contato com a empresa responsável pela fabricação e comercialização dos produtos”.

A Embratur vai propor um encontro com Secretaria de Políticas para as Mulheres e Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República para debater a ampliação de campanha contra a exploração sexual durante a Copa do Mundo. “Vou propor que encaminhemos à FIFA uma orientação, a ser repassada aos patrocinadores oficiais, para que não utilizem o apelo sexual em seus anúncios”, afirmou Dino. A Embratur também vai propor que as empresas possam colaborar na divulgação do Disque 100.

Dino ressaltou, ainda, que a atitude do governo em repudiar e combater a exploração sexual por meio do turismo traz consequências positivas. “Isso faz com que mais empresas não produzam e muito menos comercializem produtos com essa conotação”, finalizou.

Apoio ao combate à exploração sexual

Em mensagem enviada aos operadores e agentes de viagens do exterior, a Embratur pediu colaboração para que ajudem a denunciar suspeitas de caso de exploração sexual.  O comunicado do presidente divulgou ao trade turístico internacional o serviço Disque 100. Mantido pela Secretaria Nacional de Direitos Humanos que recebe denúncias sobre violação de direitos humanos em nosso país. A mensagem orientou os profissionais a informarem seus clientes da existência do serviço e a utilizá-lo em caso de presenciar algum caso em território nacional. O objetivo é levar o Disque 100 ao conhecimento da primeira ponta da cadeia do turismo internacional, o operador que vende pacotes no exterior.

Veja carta enviada para Adidas:



Setur-BA inicia amanhã o atendimento para o carnaval

A Operação Guias e Monitores do Carnaval, que visa atender aos turistas que visitam Salvador durante o feriado, terá início amanhã (27), às 14h, no Aeroporto Internacional de Salvador. O projeto, desenvolvido pela Setur-BA, contará com cerca de 300 profissionais que ficarão espalhados em 21 pontos, como porto, aeroporto, rodoviária, hotéis, ferry-boat e locais estratégicos dos três circuitos da folia (Pelourinho, Campo Grande e Barra).

Pelo sétimo ano consecutivo, os turistas terão o auxílio de profissionais habilitados em até seis idiomas: português, inglês, espanhol, alemão, francês e italiano. Alguns guias e monitores também farão atendimento em russo, japonês e mandarim. Haverá ainda atendimento na Língua Brasileira de Sinais, para surdos.

A operação funciona 24 horas, com início às 00h de amanhã e término às 12h do dia 05 de março, quarta-feira de cinzas. De acordo com o secretário de Turismo da Bahia, Pedro Galvão, nos últimos sete anos foram feitos, aproximadamente, 500 mil atendimentos. “Somente em 2013, cerca de 144 mil pessoas utilizaram o serviço”, completou.

Fonte: Panrotas

Embratur promove o Brasil no mercado colombiano

A participação na Anato é mais uma ação de promoção turística do Brasil na América do Sul. No estande do país, participam 12 co-expositores, entre eles destinos turísticos, companhias aéreas e empresas de receptivo

Com o objetivo de ampliar as possibilidades de novos negócios para o país por meio da apresentação dos produtos e destinos turísticos brasileiros, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) irá participar da 33ª edição da Vitrina Turística – Anato. O evento, que começa na quarta-feira (26) e vai até o dia 28, em Bogotá, na Colômbia, marca o início das ações de promoção turística do Brasil na América do Sul para o ano de 2014. São esperados 30 mil visitantes e cerca de 700 empresas expositoras irão realizar seus contatos e conhecer a diversidade da oferta turística para 2014.

Para a diretora de Mercados Internacionais da Embratur, Leila Holsbach, a presença do Brasil no evento permitirá que operadores e agentes de turismo da Colômbia conheçam melhor o país e aumentem a oferta de produtos brasileiros.

“Ter contato direto com o profissional e apresentar as novidades faz com que o operador se sinta estimulado a vender o Brasil. A Anato é o principal evento de turismo na Colômbia, por isso, é fundamental levarmos novidades e aproveitarmos o momento de exposição do Brasil no ano da Copa do Mundo”, afirma a diretora.

O estande de 108 m² da Embratur contará com a presença de 12 coexpositores. No mesmo espaço, o mascote da Copa de 2014, o Fuleco, apresentará ao público a brincadeira das “embaixadinhas”. Durante as tentativas, um “especialista” fará demonstrações para convidar os visitantes. Os participantes serão premiados com bolas que contêm a Marca Brasil.

Esta é mais uma das feiras que o Instituto soma no seu calendário oficial de eventos. Em 2014, serão 25 participações em eventos internacionais.

Perfil colombiano
Atualmente, a Colômbia é 13º principal emissor de turistas para o Brasil. Em 2012, mais de 100 mil visitaram as terras brasileiras. Atualmente, existem voos diretos de Bogotá para Rio de Janeiro e São Paulo, totalizando 32 frequências semanais.

Para potencializar a promoção turística do Brasil como sede da Copa do Mundo de 2014, a Embratur realizou duas edições do Goal To Brasil na Colômbia. A primeira aconteceu em agosto de 2012, e a segunda em setembro de 2013, quando foi inaugurado um novo formato para o evento. Em 100 encontros comerciais entre operadores brasileiros e colombianos, 81% geraram expectativas de negócios. Este número pode representar mais de US$ 1,5 milhão em transações para o turismo brasileiro. A ação proporcionou uma rodada de negócios entre os operadores de turismo colombianos e brasileiros.

A Colômbia conta com o Comitê Descubra Brasil, que atua desde 2005, como importante instrumento de promoção do Brasil no país. São realizadas diversas ações de promoção e apoio à comercialização que fornecem aos operadores, agentes e transportadores maiores conhecimentos sobre os novos destinos, segmentos e produtos ofertados.

Já as ações do Escritório Brasileiro de Turismo (EBT) são baseadas em uma dinâmica funcional que envolve, principalmente, ações estratégias de promoção e comercialização. O executivo trabalha para ampliar a relação comercial de longo prazo com operadoras e clientes potenciais.

Fonte: Embratur

Gol adapta configuração de 116 aviões até a Copa

Os operadores associados à Braztoa foram informados em primeira mão, pelo presidente da Gol, Paulo Kakinoff, sobre a adoção do produto Gol Mais, com a instalação de assentos conforto, em todas as aeronaves da companhia com operação doméstica. Kakinoff participou da convenção da associação, realizada neste fim de semana, em São Paulo, e informou que o sucesso do produto na ponte aérea Rio-São Paulo justifica sua ampliação.

Com isso, a Gol terá 33 aviões com o novo padrão até o carnaval, chegando a 116 antes do período da Copa do Mundo. Com a nova configuração, os modelos Boeing 737-800NG passam a ter 177 assentos, contra os 189 oferecidos anteriormente. As fileiras 2 a 7 do lado direito e 3 a 7 do lado esquerdo são identificadas como GOL+Conforto. Nessa categoria, a distância entre essas fileiras passa de 30 para 34 polegadas (86,3cm) e a reclinação do encosto aumenta em 50%. Nas demais fileiras a distância entre as poltronas aumenta de 30 para 31 polegadas (78,7cm).

Os modelos Boeing 737-700 terão 138 assentos (eram 144) e a configuração GOL+Conforto será das fileiras 1 a 7 em ambos os lados. Nas demais fileiras a distância é de 30 polegadas (76,2 cm). Segundo a Gol, as mudanças farão com que a companhia, até o final deste ano, tenha a maior oferta de assentos na categoria A de acordo com o padrão de classificação da Anac. As aeronaves com a nova configuração são identificadas com GOL+ na fuselagem.

Fonte: Panrotas

De olho na qualidade, Bahia lança Reclame Turismo

Os táxis foram os responsáveis pelas primeiras reclamações do Reclame Turismo, programa lançado ontem pela Secretaria de Turismo da Bahia. Trata-se de um aplicativo que permite ao consumidor reclamar de problemas referentes à má prestação de serviços turísticos diretamente com a Secretaria de Turismo do Estado. “Lançamos ontem esse aplicativo e hoje já tivemos as primeiras reclamações, provocadas por taxistas”, disse o secretário de Turismo da Bahia, Pedro Galvão, que participou no sábado da convenção da Braztoa, em São Paulo.

Na prática, a reclamação do turista é encaminhada a equipe de plantão na Secretaria de Turismo baiana, que deve prestar resposta no prazo máximo de uma hora, depois de contatar a empresa ou serviço reclamado. “Nosso objetivo é aumentar a qualidade do produto turístico oferecido em nosso Estado”, explica o secretário. “Desenvolvemos o aplicativo dentro da própria secretária, por nossos técnicos, e somos pioneiros nesse serviço no Brasil”, completou.

Fonte: Panrotas

Embratur divulga Brasil em ônibus turístico no Peru

Foto: Divulgação

Por uma iniciativa da Embratur e do Comitê Descubra Brasil Peru, um ônibus que estampa o Brasil circula pelas ruas de Lima, no Peru, até o final deste mês. De um lado do ônibus, o Pelourinho representa a capital baiana, Salvador. Do outro, Fernando de Noronha enobrece Pernambuco.

O veículo realiza 11 rotas diferentes, com diversos horários de saída, e os passeios duram de cinco a seis horas, durante os sete dias da semana. Para a diretora de Mercados Internacionais da Embratur, Leila Holsbach, o importante é que o País se fortaleça nos planos de viagens futuras. “Além dos peruanos que circulam pela cidade, os turistas de todo o mundo que visitam Lima poderão conhecer destinos turísticos do Brasil. Nosso objetivo é inserir o País no imaginário de potenciais visitantes”, explica.

Fonte: Panrotas

Argentina terá investimento de US$ 1,2 milhão no Brasil

O ministro da Argentina, Enrique Meyer, promete investimentos de US$ 1,2 milhão no mercado brasileiro este ano, para fazer promoções e ações que façam o nível de visitantes brasileiros voltar ao recorde de alguns anos atrás. Segundo ele, o final de 2012 e o começo de 2013 foram de queda na visitação de brasileiros, mas já há sinais de reversão.

Isso graças a parcerias com os operadores brasileiros da Braztoa, ao aumento da malha aérea da Aerolineas Argentinas (que chega a 78 aviões contra 24 em 2006, quando era privada) e aos atrativos econômicos e de equipamentos, especialmente de inverno, nos destinos argentinos.

O presidente da Braztoa, Marco Ferraz, e seu vice, Eduardo Barbosa, assinaram na noite desta sexta-feira a renovação de um convênio que garante o aporte financeiro do governo argentino em ações com a associação, que faz a contrapartida no mesmo valor pela iniciativa privada. “É um ano atípico, difícil, mas de colher frutos”, disse Barbosa, que acredita que a promoção da Argentina na Copa ajudará os operadores a vender mais o país.

“Nossa parceria com a Braztoa é tão antiga e de confiança que nem precisaríamos desse documento, mas são as formalidades”, disse Meyer.

Cerca de 80% dos 94 associados Braztoa se reúnem neste final de semana no Sheraton WTC, em São Paulo, para uma programação que inclui a comemoração dos 25 anos da entidade, palestras, como da Gol e da Tap, assembleia que prevê alterações estatutárias, eventos sociais e até uma visita ao Itaquerão.

Fonte: Panrotas

Preços de hotéis no Brasil em fevereiro diminuem quase 30%

Neste mês de fevereiro, os preços de hotéis no Brasil estão mais baratos se comparados aos valores registrados no mesmo mês do ano passado, quando o carnaval caiu no mês dois, como mostra o www.trivago.com.br – maior comparador de preços de hotéis do mundo.

No Rio de Janeiro, principal destino de carnaval do Brasil, a história não foi diferente. Em média, os valores para uma diária para duas pessoas ficam em torno de R$ 150 mais baratos. No mês de fevereiro do ano passado, a média era de R$ 638 e agora os valores caíram para R$ 487.

Salvador registrou um decréscimo de R$ 102 e apresenta neste mês uma média de preços de R$ 270. Já Recife teve uma baixa menos acentuada, saindo de R$ 385 para R$ 329. Em Alagoas, Maceió registrou queda de R$ 358 para R$ 283.

Em Florianópolis, os valores médios por uma diária de hotel para dois estão R$ 72 mais baratos na comparação entre fevereiro de 2013 e agora. No ano passado, a média era de R$ 398, enquanto que para este mês, os preços médios baixaram para R$ 326.

Em São Paulo, os hotéis do Guarujá tiveram uma baixa de R$ 648 para R$ 483. De todo o país, a única cidade a registrar aumento foi Ubatuba, em São Paulo, que subiu de R$ 207 para uma média de R$ 237.

Média nacional
No Brasil, em geral, a comparação entre fevereiro de 2013 e de 2014 mostrou uma queda de 30% nas médias das tarifas hoteleiras, com números decrescendo de R$ 487 para R$ 345 pelo pernoite para duas pessoas.

Confira abaixo os preços médios de algumas cidades brasileiras em fevereiro:

Cidade Preço médio fev/13 Preço Médio fev/14
Rio de Janeiro

São Paulo

Salvador

R$ 638

R$ 424

R$ 372

R$ 487

R$ 355

R$ 276

Recife

Fortaleza

R$ 385

R$ 306

R$329

R$ 260

Brasília

Florianópolis

Belo Horizonte

Manaus

Porto Alegre

Curitiba

R$ 355

R$ 398

R$ 355

R$ 342

R$ 273

R$ 283

R$ 289

R$ 326

R$ 253

R$ 263

R$ 230

R$230

Sobre o tHPI
O Índice de Preços de Hotéis trivago é um estudo mensal que analisa a variação de preço médio de acomodações para duas pessoas nas principais cidades das américas. Para calcular os dados, são levados em conta todos os hotéis que fazem parte do banco de dados do trivago em todos os parceiros afiliados, como booking.com, decolar.com, entre outros.

Sobre o trivago
Viajantes encontram o hotel ideal pelo melhor preço em www.trivago.com.br. trivago é o maior site do mundo para procura de hotéis, comparando preços de mais de 700 mil hotéis em mais de 200 sites de reserva no mundo inteiro. O trivago possui mais de 42 milhões de opiniões de hotéis e 14 milhões de fotos para facilitar a busca pelo hotel perfeito. Mais de 45 milhões de visitantes encontram mensalmente seus hotéis ideais por meio dos vários filtros de busca disponíveis e, por sua vez, economizam uma média de 35% em cada reserva. Além disso, o trivago recebe dois milhões de buscas diárias. O trivago foi fundado em 2005 em Düsseldorf, na Alemanha, e atualmente opera 40 plataformas internacionais em 24 línguas.

Kissimmee busca parceiros para comercializar rodeios

Dallas, Las Vegas e Calgary. Quando o assunto é rodeio na América do Norte, as cidades mais lembradas em questões técnicas e de infraestrutura são estas – as duas primeiras nos Estados Unidos e a seguinte, no Canadá. O Departamento de Desenvolvimento de Turismo do Condado de Osceola (Flórida, Estados Unidos), do qual a cidade de Kissimmee faz parte, realiza um famtour com integrantes de associações ligadas ao esporte no Estado de São Paulo, em especial da cidade de Barretos, que realiza o maior rodeio do Brasil, para avaliarem o produto. O passo seguinte é encontrar parceiros que abracem a ideia e incluam os rodeios nos pacotes turísticos.

Antes da popularização dos parques da Disney, a economia de Kissimmee era baseada em plantação de laranjas e criação de gado. Onde há criação de gado, a probabilidade da realização de rodeios de qualidade é maior. Porém, conforme grande parte do volume de investimentos na região voltou-se para as atrações da Disney, as criações se dissiparam e o rodeio, que tinha relevância em todo o país, passou a ser um mero coadjuvante.

Outro motivo para a participação da comitiva barretense é o intercâmbio: de informações e atletas, o que elevaria a qualidade do evento e, por sua vez, a visibilidade. De acordo com o presidente do Sindicato das Entidades Empresas Promotoras de Eventos de Rodeio do Estado de São Paulo, Leonardo Vidal, dos dez melhores peões boiadeiros do mundo, seis são brasileiros. “A ideia é também trazer atletas para se apresentarem em nossa arena”, destacou a gerente de Produtos de Mercados Internacionais do Departamento de Desenvolvimento de Turismo do Condado de Osceola – mais conhecido como “Experience Kissimmee” –, Ana Gonzalez.

A representante sênior de Vendas para América Latina do Departamento de Desenvolvimento de Turismo do Condado de Osceola, Melissa Basílio, também está empolgada com a forma como o produto será trabalhada de agora em diante. “Kissimmee é um destino muito procurado por brasileiros por causa dos parques e das compras. Os rodeios serão uma alternativa, principalmente porque a média de permanência das famílias aqui não é menor do que dez dias.”

Para quem?
Outra questão levantada por Melissa é o público que pode visitar as atrações. “É para todas as idades. Até brincamos no escritório que Kissimmee é um dos poucos destinos que oferecem, ao mesmo tempo, uma plena tranquilidade e emoção, adrenalina” conta, ao passo que arremata: “quem vier, verá um evento muito bem organizado”.

Ana Gonzalez apresentará mais informações sobre os rodeios na cidade durante o Pow Wow, que será realizado entre os dias 5 e 9 de abril, em Chicago (Estados Unidos). “As pessoas, geralmente, associam rodeios aqui nos Estados Unidos às cidades de Dallas e Las Vegas (que abriga o evento mais importante do país). Pretendemos apresentar este é um produto como algo complementar às atrações.”

Estrutura
A cidade de Kissimmee, que busca um representante no Brasil, abriga o Silver Spurs Arena, que tem capacidade para 7.451 pessoas sentadas e 3,5 mil no piso do estádio. Construído em 2003, o espaço teve investimento de US$ 33 milhões e precisa de 110 caminhões carregados de areia para cobrir o chão da arena.

Mais informações: silverspursrodeo.com.

Fonte: Panrotas. O Portal PANROTAS viaja a convite do US Commercial Service e Experience Kissimmee, com assistência Vital Card

Turismo estimula hospedagem alternativa para a Copa

Em visita às cidades-sede, Ministério do Turismo compartilha dados de leitos e demanda para o mundial, além de estimular cama e café e hospedagens solidárias.

O Ministério do Turismo estimula o investimento em hospedagens alternativas com o objetivo de aumentar a oferta de leitos nas cidades-sede da Copa do Mundo. Em visita às doze capitais do mundial, representantes do MTur estão levando informações sobre a oferta e a demanda de visitantes aos representantes do setor turístico; além de incentivar, quando for o caso, a abertura de novos leitos a preços acessíveis.

A capital Cuiabá optou por investir na modalidade cama e café, no aluguel por temporada e na hospedagem solidária, um tipo de acomodação gratuita oferecida pelos clubes Lions e Rotary, oferecido por imobiliárias. O mesmo fez Manaus, que também aderiu ao modo solidário de hospedar, em parceria com o Lions e o Rotary, e ao aluguel de imóveis. A próxima visita da equipe será em Fortaleza, no dia 20.

“Quando você aumenta a oferta, tem capacidade de fazer com que o próprio mercado se regule, o que ajuda a evitar a oferta de diárias a preços exorbitantes”, disse Gastão Vieira. O MTur criou um site para divulgar opções de hospedagens alternativas em capitais como Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), Fortaleza (CE), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA).

Para ter um diagnóstico da oferta de hospedagem no país, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) realizou, a pedido do Ministério do Turismo, um mapeamento das 27 capitais e suas regiões metropolitanas, além de regiões integradas ao desenvolvimento. De acordo com a Pesquisa de Serviço de Hospedagem, do IBGE, e dados levantados pelo MTur, as hospedagens alternativas disponíveis acrescentam 59.713 leitos às capitais da Copa, entre eles 3.491 na modalidade pensões de hospedagem, como o cama e café; 3.804 em albergues; 22.478 leitos em imóveis para aluguel e 29.940 em motéis.

Fonte: Ministério do Turismo